Conheça alguns famosos que usam sua popularidade a favor dos animais


Por Karina Ramos  (da Redação)

Alguns famosos também lutam por causas importantes. Brigitte Bardot abdicou de uma vida luxuosa para se dedicar aos direitos animais. A atriz Pamela Anderson, conhecida por sua atuação na série S.O.S. Malibu, é vegetariana e também envolvida com a luta pelos animais. Sua campanha para a PETA em 2003 foi elogiada, mas também altamente polêmica.

A campanha se chamava “Eu prefiro ficar nua a usar pele de animais” e nela a atriz tirou toda a roupa. Desde então, Pamela vem aparecendo em várias campanhas da PETA, inclusive em uma do ano passado em que combate a caça de focas.

Seja incentivando o veganismo, combatendo a crueldade contra animais (por parte de autoridades, corporações existentes no mercado animal e de rebanhos) ou campanhas contra testes em animais, a PETA vem trazendo à tona estes problemas.

Na foto, Justin Bieber em campanha pró adoção de animais (Imagem: Reprodução/The Star Online)

A organização sempre tenta usar rostos famosos para divulgar suas campanhas. A última a se juntar a esta lista foi a Miss Mundo da Malásia, Thanuja Ananthan, que também é embaixadora da PETA em seu país.

Thanuja aparece em dois anúncios da PETA com seu cão chamado Nala. Nos anúncios, ela pede para as pessoas esterilizarem seus animais de estimação.

“As pessoas que têm tempo e amor suficientes para receber um cachorro ou gato em suas casas deveriam optar pela adoção de animais sem lar, e nunca comprar de um criador ou de uma loja. É uma atitude irresponsável deixar que mais cães e gatos nasçam sendo que não há uma quantidade suficiente de lares para eles”.

O ator Kellan Lutz, famoso por seu personagem Emmet Cullen em Crepúsculo, disse: “Não compre. Adote”. Em um anúncio lançado em julho, ele comenta que há uma superpopulação de cães e gatos. Como resultado, muitos filhotes indesejados morrem nas ruas ou são eutanasiados em abrigos por falta de lares adotivos.

Assim como ele, o cantor teen do momento, Justin Bieber, também estimulou a adoção em fevereiro. O anúncio mostrava o álbum de estréia de Justin, My World, com a seguinte frase: “O meu mundo inclui compaixão pelos animais. O seu também deveria incluir”.

Outro exemplo é Kara DioGuardi, cantora, compositora, produtora e jurada do programa American Idol. Em maio do ano passado, ela participou de uma campanha com seu cachorro, Tikki. “Cães e gatos dependem de você. Eles merecem seu tempo e sua atenção todos os dias. Então brinque com eles, dêem longas caminhadas. Eles devem ser esterilizados e nunca os enjaule, nem os acorrente. Não permita que andem sozinhos por aí sem supervisão”.

Kara DioGuardi, jurada do programa American Idol alerta sobre a importância de respeitar os animais (Reprodução/The Star Online)

Sean Kingston, famoso pela música Beautiful Girl, também contribuiu para as campanhas da PETA. Ele aparece com sua cadela, Stella. “Se seus cães são seus melhores amigos, deixe-os dentro de casa, pois ficar acorrentado não é vida”.
Já que este é O Ano do Tigre, a PETA da Ásia aproveitou o momento para abordar o sofrimento de tigres e outros animais em cativeiro. A modelo Amber Chia posou em uma gaiola coberta de listras de tigre. Chia pretende passar essas lições para seu filho recém-nascido, ensinando que animais selvagens precisam ficar em liberdade.

Para quem gosta de usar pele (verdadeira) de animais, é importante saber que na China, o maior exportador mundial desse produto, os animais têm suas peles retiradas enquanto eles estão vivos. Milhões de cães e gatos são mortos na China para o comércio internacional de peles. Em outras fazendas de pele, os animais passam suas vidas em minúsculas jaulas de arame antes de serem envenenados, eletrocutados, mortos por inalação de gás ou espancados até a morte.

Chester Bennington, vocalista da banda Linkin Park, em campanha contra a indústria de pele de animais (Imagem: Reprodução/The Star Online)

Chester Bennington, vocalista do Linkin Park, juntamente com o vocalista da Dead By Sunrise, juntaram-se à PETA em setembro do ano passado para a campanha “Ink, not Mink” (Tinta, não vison). Neste anúncio, Chester mostra sua tatuagem e aparece a seguinte frase: “Sinta-se confortável na sua própria pele e deixe que os animais fiquem com a deles”. Ele também disse que o que acontece nas indústrias é desumano.

Na mesma onda está a dupla australiana The Veronicas. As gêmeas Jess e Lisa Origliasso não usam pele. No mês passado, elas participaram de uma campanha onde seguravam coelhos sem pele (falsos, porém realísticos) e onde se lia: “Isto é o que restou do seu casaco de pele”. As gêmeas também têm uma alimentação ética e só compram cosméticos e outros produtos de empresas que não testam em animais.

Gêmeas da banda The Veronicas em campanha contra o uso de peles (Imagem: Reprodução/The Star Online)

A atriz e cantora Lea Michele, conhecida por sua atuação no seriado Glee, luta pelo bem-estar dos cavalos das carruagens de Nova York. “Cavalos são obrigados a trabalhar durante muitas horas em condições climáticas extremas, caminhando o tempo todo sobre o asfalto duro e inalando fumaça do escapamento dos automóveis. Gostaria que os turistas soubessem que depois que eles vão embora, a vida desses cavalos continua miserável, dia após dia”.

Para alguns, a única maneira de assegurar que não toleram qualquer tipo de crueldade contra animais é virar vegetariano ou vegano. Um desses vegetarianos é Paul McCartney, que já lançou a campanha da “Segunda Sem Carne”, onde incentiva que as pessoas comecem a deixar de consumir carne ao menos uma vez por semana.

A atriz vegana Alicia Silverstone apareceu em um anúncio parecido em setembro de 2007. Na época, a atriz já era adepta do veganismo há 10 anos. “Ser vegana é o segredo da minha paz e da minha felicidade. Sinto-me física e espiritualmente melhor do que jamais poderia imaginar, sabendo que estou fazendo tudo que posso para diminuir o sofrimento dos animais através de escolhas de estilo de vida simples, como nunca vestir roupas de origem animal (como lã e couro) e só usar produtos livres de ingredientes animais e de empresas que não realizam testes com eles.

Outros nomes conhecidos também se juntaram à PETA, como a atriz Alyssa Milano, as cantoras Natalie Imbruglia e Joss Stone, os atores Mickey Rourke e John Abraham e o jogador de basquete e ator Dennis Rodman.
Mas quem disse que precisa ser famoso para agir ou divulgar os direitos animais?

As informações são do jornal The Star Online.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO

SOFRIMENTO EMOCIONAL

DOÇURA

AÇÃO HUMANA

JAPÃO

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO SONORA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>