PUNIÇÃO

Mãe de adolescente que maltratou papagaio é multada em R$ 9 mil

Mariana Dandara | Redação ANDA

O adolescente também foi punido e responderá por ato infracional de maus-tratos a animais


Escute
Foto: PMA-MS/Divulgação

A Polícia Militar Ambiental (PMA) multou em R$ 9 mil a mãe do adolescente que jogou um papagaio em uma churrasqueira e colocou seu pênis na boca de uma cadela. Os animais foram resgatados após os crimes, cometidos em Águas Claras, no Mato Grosso do Sul, serem transmitidos em tempo real na internet.

A PMA explicou que ao maltratar a cadela, o jovem “força ato de zoofilia”, isso é, abuso sexual contra animais. Por conta disso, a mãe do garoto de 13 anos foi multada em R$ 1 mil. Em relação aos maus-tratos contra o papagaio, a punição foi de R$ 3 mil. A mulher também recebeu multa de R$ 5 mil por manter o papagaio em cativeiro. O adolescente também foi punido e responderá por ato infracional de maus-tratos.

Resgatados, a cadela ficou sob os cuidados de moradores da cidade e o papagaio ficará no Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), em Campo Grande. Não foi informado se a ave tem condições de retornar à natureza.

Relembre o caso

Uma equipe formada por autoridades das polícias Civil e Militar de Águas Claras, no Mato Grosso do Sul, descobriu a existência de um grupo de adolescentes criado para a prática de maus-tratos a animais. A descoberta ocorreu após uma denúncia indicar que um desses jovens havia arremessado um papagaio dentro de uma churrasqueira. A ave e um cachorro que também sofria maus-tratos foram resgatados.

O delegado responsável pelas investigações, Felipe Madeira, relatou que um vídeo transmitido em tempo real na internet “mostra o adolescente colocando o papagaio dentre de uma churrasqueira”. Madeira citou que o adolescente alegou que a churrasqueira não estava acesa, mas que não é possível confirmar essa versão, já que o vídeo não permite identificar se havia fogo ou não. Confira a íntegra do caso clicando aqui.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR

VIDA NOVA

RIO DE JANEIRO

ALTERNATIVA VEGANA

GENEROSIDADE

REABILITAÇÃO

EMPATIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>