Cidade inglesa poderá proibir apresentação de circo que espancou elefanta


Por Vanessa Perez  (da Redação)

Na foto, a elefanta Anne, que foi vítima de crueldade pelo circo (Reprodução/Care2)

Em meio a uma tempestade de denúncias de maus-tratos a elefantes, diretores de conselhos estão sendo solicitados para que seja proibida a vinda de um circo para Blackburn, na Inglaterra, neste verão, segundo informou o jornal This is Lancashire.

Bobby Roberts Super Circus atingiu as manchetes após a filmagem secreta ser divulgada por ativistas dos direitos animais mostrando Anne, uma elefanta de mais de 50 anos de idade, sendo chutada e golpeada com um tridente de metal.

O circo visita Blackburn todo ano – e é sperado no Witton Park novamente no verão. Apesar das evidências das crueldades praticadas pelo circo contra a elefanta, chefes do Conselho disseram que iriam rever a possibilidade de permitir que o circo se apresente caso ninguém da atração seja considerado culpado de crueldade contra animais.

Mas muitos apelos estão chegando para que proíbam a vinda do circo para a cidade, independentemente do resultado de uma investigação pela polícia de Northamptonshire.

Mas Neil Martin, o gerente-geral do Bleakholt, um santuário animal em Edenfield, disse que uma ação deveria ser tomada para impedir o show que viesse para o Blackburn.

Ele disse: “O conselho deve revogar a licença do circo  e as pessoas de Blackburn devem boicotá-lo.

“O uso de animais em circo é ofensivo, mas abusar deles é repugnante.”

Em 2009, a campanha do grupo Captive Animals Protection Society (CAPS), convidou os moradores do leste de Lancashire para boicotar o circo porque ele apresentava a idosa e artrítica elefanta Anne.

Fiona Peacock, de Burnley, porta-voz do CAPS, afirmou: “Nós tínhamos um pedido para que o pessoal de East Lancashire boicotasse o circo e saisse às ruas para protestar contra a crueldade animal.

“Há apenas oito circos com animais se apresentando no país. Pedimos que as pessoas vão aos circos que não utilizem animais “.

Sayyed Osman, diretor do Meio Ambiente Blackburn em conjunto com o conselho de Darwen, apresentaram a sua posição: “A questão da crueldade contra os animais é algo que o município leva muito a sério.

“Nós não hospedamos circos que tenham animais exóticos atuando em seus shows. Se os organizadores do circo que usam o Witton Park foram julgados culpados de acusações de crueldade contra animais, o contrato com eles será revisto e serão tomadas as medidas necessárias em conjunto com os órgãos competentes responsáveis pelo bem-estar animal”.

O Bobby Roberts Super Circo começou a sua mais recente turnê na semana passada, em Warwickshire, e enfrentou protestos.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESMATAMENTO

BARBÁRIE

PRESSÃO INTERNACIONAL

INVOLUÇÃO

UNIÃO

PREVENÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>