ÚLTIMAS NOTÍCIAS:
  • Compartilhe

Texto

Direitos dos Grandes Primatas - Dr. Pedro Ynterian

Casa nova para Luke

31 de julho de 2013 às 11:00

Mirante com túnel e dormitório (Foto: Divulgação GAP)

Mirante com túnel e dormitório (Foto: Divulgação GAP)

Luke já está beirando os vinte anos. É o irmão mais velho de Guga e de Johnny (este último morador do Santuário do Paraná). Luke é um ser muito especial. Ele vive numa área de mais de 5 mil metros quadrados, com cerca elétrica, sendo livre nesse território dia e noite.

Luke morou em um circo até vir para nós. No circo tinha fama de encrenqueiro e deu alguns problemas. Quando fomos buscá-lo para colocá-lo na caixa de transporte, os circenses o levaram amarrado pelo pescoço com três cordas, tamanho era o medo que tinham dele. Se ele era agressivo lá, é porque algo muito ruim foi feito com ele, já que Luke é um amor de chimpanzé.

Luke já morou com Carolina alguns anos, porém para deixá-lo livre dia e noite em sua cerca, a condição dele era morar sozinho, já que as fêmeas tem uma grande tendência de furar a cerca e escapar. Luke sabe que os limites dele são aqueles e o preço de sua liberdade limitada é não transgredi-lo.

Originalmente, ele morou em um pequeno recinto murado, com um dormitório e refeitório, que depois foi estendido, com um dormitório com janelas e vidros que lhe permitiam ver o movimento externo. Luke é muito ligado com alguns tratadores e com Licino, que é o empreiteiro que trabalha construindo recintos já há alguns anos.

Ele conhece todo mundo, cumprimenta todos aqueles que mais aprecia de forma típica, com os braços e o corpo a distância. Luke já deu selinhos em muitas apresentadoras de TV que lá o visitaram todos estes anos. Ele adora mulheres, e mais ainda se forem loiras.

Eu entro com Luke todos os dias que estou no Santuário, às vezes durmo numa grande rede de mangueiras de bombeiros que ele tem. Ele me deixa cochilar e depois pede para brincar, de pega-pega ou de lutar. Mas a cada dia que passa acompanho menos esses seus jogos de juventude.

Aproveitamos um novo recinto construído a seu lado para fazer um dormitório/ refeitório para ele, com um supertúnel aéreo, com dois andares, onde ele pode enxergar mais de 180 graus a quilômetros de distância. Ele acompanhou a construção dia a dia, sabendo que era para ele. No dia 5 de julho eu abri para ele entrar e o acompanhei em seu interior. Ele adorou sua nova moradia, e durante dois dias praticamente não saiu da mesma, talvez, temendo que íamos fechá-la e não lhe dar 100% de acesso. O antigo dormitório, que estava mais longe de onde ficava em sua plataforma a maior parte do dia, acompanhando o dia a dia do Santuário, e as pessoas que transitavam por ele, nunca mais lhe interessou, e agora foi ocupado por Johnny – outro amante de torres e túneis aéreos, que ganhou um dormitório novo.

Geralmente, eu levo a segunda refeição dele na metade da manhã, que ele consome da sua grande plataforma, olhando o movimento do Santuário. Nos primeiros dias, agarrava a refeição e a levava para sua nova casa, para consumi-la tranquilamente lá dentro. Nas próximas semanas outro grande túnel poderá melhorar a comunicação do grupo de Gilberto (Gilberto, Ditty, Margarethe e as filhas de Ditty, Luiza, Pedrinho e Cecilia) com a casa de Luke, pois ficarão frente a frente. E Luiza, com 10 anos, começou a namorar Luke, o que pode dar um CASAMENTO muito em breve.

  • Compartilhe

  • Imprimir Imprimir
  • Comunicar Erro

Enviar para um amigo
Comunicar erro

eu apoio a anda

Cândido Vaccarezza

2CandidoVaccarezza

O trabalho desenvolvido pela ANDA é de extrema importância, não só para os animais, como também para toda grande imprens

Cândido Vaccarezza
Deputado federal PT/SP, ex-líder do governo Dilma

Deputado federal PT/SP, ex-líder do governo Dilma

Alexandre Pimentel

alex

A ANDA é uma das melhores iniciativas do século XXI! É forte ferramenta contra a coisificação dos animais e a formação d

Alexandre Pimentel
Escritor, terapeuta e palestrante

Escritor, terapeuta e palestrante

Veja todos os depoimentos »

Facebook
Você é o repórter
Siga a ANDA: