• Compartilhe

Texto

Origem desconhecida

Moradora de Cuiabá (MT) mobiliza polícia para resgatar pato em telhado

21 de janeiro de 2016 às 17:00

Animal foi resgatado após passar 7h no telhado (Foto: Regina Lúcia dos Reis/Arquivo pessoal)

Animal foi resgatado após passar 7h no telhado
(Foto: Regina Lúcia dos Reis/Arquivo pessoal)

A enfermeira Regina Lúcia dos Reis precisou acionar a Polícia Ambiental, em Cuiabá, após um pato passar aproximadamente sete horas no telhado da casa dela, no Bairro Tijucal. O caso ocorreu nesta quarta-feira (20). Segundo a enfermeira, ela encontrou o animal por volta das 8h30, ao sair de casa para ver porque o seu cão latia com tanta insistência.

Segundo ela, ao ver o pato, tentou fazer com que o animal fosse para o quintal da vizinha, onde não há cachorros e ele ficaria mais seguro. No entanto, ao espantar o pato, ele voou para o telhado e a moradora precisou ligar para a polícia para resgatá-lo.

“A polícia avisou que ia demorar a fazer o resgate, pois só tinha uma viatura e mais três ocorrências [para atender]. Depois de um tempo, mudei de ideia, queria levar o pato para o meu sítio no interior. Os policiais chegaram às três da tarde, mas não puderam me deixar com o animal”, contou Regina.

Segundo a Polícia Ambiental,o animal aparenta ser doméstico, mas na região não há sítios ou lagos de onde o animal possa ter escapado. A polícia informou que, apesar de não recolherem animais domésticos, o pato passará por uma avaliação e só depois será decidido o destino dele.

“Se fosse um animal silvestre, nós devolveríamos para o habitat. Mas como ele aparenta ser doméstico, o biólogo, após a avaliação, deve dizer qual a melhor alternativa para a ave”, explicou o sargento Emerson, da Polícia Ambiental. Segundo ele, o pato não apresentava ferimentos visíveis.

Fonte: G1

  • Compartilhe

  • Imprimir Imprimir
  • Comunicar Erro

Enviar para um amigo
Comunicar erro

eu apoio a anda

Karina Howlett

karina

Os animais são seres completamente indefesos e a única voz que eles têm é a nossa. A ajuda de cada um de nós, por menor

Karina Howlett
Jornalista

Jornalista

Patricia Marx

patricia2

Sinto-me uma pessoa muito afortunada por ter encontrado pessoas tão bondosas neste mundo. Encontro-me hoje no lugar cert

Patricia Marx
Cantora

Cantora

Veja todos os depoimentos »

Facebook
Você é o repórter
Siga a ANDA: