ÚLTIMAS NOTÍCIAS:
  • Compartilhe

Texto

Assassinato cruel

Cão é encontrado amordaçado e sacrificado em calçada do RJ

03 de junho de 2011 às 18:35

Cristina
oitovidas@oitovidas.org.br

Não só os gatos pretos estão no alvo dessas pessoas do mal. É preciso estar atento a doações dos cães pretos. A covardia e a perversidade não têm tamanho.

A Lilian encontrou esse cão degolado, como outros que já apareceram no mesmo parque. Ela Passou minutos depois do sacrifício, mas já encontrou o cachorro sem vida.

As fotos foram feitas pela Lilian Queiroz, presidente da ONG Oito Vidas, ontem à noite, após passar pelo local de carro, parar e se deparar com essa cena. Liguei para ela, após ela ter se deparado com essas cenas, e ela estava transtornada.  O meu transtorno ao ver essas fotos não chega perto do que ela sentiu.  O que ela sentiu não chega nem perto do que esse animal passou.

Mas as cenas fotografadas mostram muito mais do que o sofrimento desse animal a ser amordaçado, amarrado, degolado e jogado numa calçada para todo mundo ver.  Elas mostram o nosso total fracasso, como sociedade, como ONG, como Secretaria de Proteção Animal, de proteger esses animais e de efetivamente punir quem comete uma atrocidade dessa natureza.

Quem fez isso com esse cachorro e jogou o seu corpo a céu aberto sabe que não haverá punição para o seu ato.  Não tem medo de ser punido, tanto é que provavelmente cometeu o ato alí mesmo e deixou o corpo do animal sangrando, no meio de uma calçada.  Não foi no meio de um parque, escondido.  Foi numa calçada em uma rua extremamente movimentada, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Foto: Divulgação

Seres humanos como o que cometeu esse crime sempre vão existir e há muito pouco que possamos fazer para mudar isso.  Punição efetiva para esses seres humanos é uma coisa que nós podemos trabalhar para conseguir.

Que essas cenas de sacrifícios desse animal sirvam de incentivo para que todos nós façamos muito mais do que achamos que podemos fazer.  Que ao final de cada dia possamos dormir com a consciência tranquila de que estamos realmente nos empenhando para que pessoas como a que cometeu essa atrocidade jamais possa repetí-la.

Nota da Redação: O crime revoltante cometido em plena via pública, mostra o descaso e a banalidade com que as questões dos Direitos animais são tratadas, não apenas pelo Estado, mas como pela própria população. Seres sensíveis são vítimas dia-a-dia de pessoas cruéis e sem escrúpulos, que mancham nossa sociedade com sangue inocente. Por sua parte, o Estado nada resolve, os crimes cometidos contra animais saem impunes e os criminosos continuam cometendo atos bárbaros por saberem que nada lhes vai acontecer.

  • Compartilhe

  • Imprimir Imprimir
  • Comunicar Erro

Enviar para um amigo
Comunicar erro

eu apoio a anda

Ricardo Japinha

japinha

Depois de me tornar vegetariano, por princípios, considerando injusto ter que matar animais que teriam a vida toda pela

Ricardo Japinha
Baterista CPM22

Baterista CPM22

Monja Coen

monja coen

Quando Shakyamuni Buda tem a sua experiência iluminada, ele diz: “Eu, a terra e todos os seres juntos nos tornamos o cam

Monja Coen
Primaz Fundadora da Comunidade Zen Budista

Primaz Fundadora da Comunidade Zen Budista

Veja todos os depoimentos »

Facebook
Você é o repórter
Siga a ANDA: