• Compartilhe

Texto

Em busca de um lar

ONG de Guarapuava (PR) promove feiras de adoção de cães e gatos aos sábados

02 de novembro de 2010 às 9:16

Todos os sábados a SPAG (Sociedade de Proteção aos Animais de Guarapuava, no Paraná), juntamente com alguns parceiros do canil, promovem uma feira de adoção de cães e gatos, em frente a praça da Catedral na Rua XV, das 10h da manhã às 13h. A ação tem como objetivo proporcionar um lar para esses animais que atualmente encontram-se abrigados no Canil Municipal.

Esses cães e gatos foram recolhidos por sofrerem maus-tratos ou por estarem nas ruas. Trabalho feito pela SPAG, Polícia Ambiental e Canil Municipal. Esses animais passam por um processo de recuperação, no qual suas doenças são tratadas e, antes de serem encaminhados para adoção, são castrados.

Josiane Kolc, conhecida na feira apenas como Gigi, freqüenta o evento toda semana e já adotou 3 gatos. Para ela, a principal vantagem da adoção é que com essa atitude as pessoas também abrem mais um espaço no canil, para que outros animais que estejam nas ruas ou em situação de maus tratos possam ser abrigados. Gigi completa: “O serviço de recuperação dos animais que eles fazem na feira é sensacional. Os bichinhos daqui são castrados, dóceis, são bonzinhos, são carentes”.

Segundo Aldonei Bonfim, um dos organizadores da feira, para adotar é necessário que a pessoa esteja com o RG ou CPF, e “tenha um pátio que possa abrigar o animal, e principalmente amor” complementa.

A SPAG é uma ONG que possui como princípios a proteção da integridade física e o bem estar dos animais de Guarapuava. Procura fazer com que esses ideais sejam respeitados pela sociedade, incentivando a prática de responsabilidade social.

Para mais informações pelo site www.spag.org.br .

  • Compartilhe

  • Imprimir Imprimir
  • Comunicar Erro

Enviar para um amigo
Comunicar erro

eu apoio a anda

Karina Howlett

karina

Os animais são seres completamente indefesos e a única voz que eles têm é a nossa. A ajuda de cada um de nós, por menor

Karina Howlett
Jornalista

Jornalista

Ricardo Japinha

japinha

Depois de me tornar vegetariano, por princípios, considerando injusto ter que matar animais que teriam a vida toda pela

Ricardo Japinha
Baterista CPM22

Baterista CPM22

Veja todos os depoimentos »

Facebook
Você é o repórter
Siga a ANDA: