domingo, setembro 27, 2020
Ameaçado de extinção

Governo dos EUA tenta proteger urso-polar da caça e do comércio de peles

Com o aquecimento global afundando todo o gelo do qual os ursos-polares necessitam no Ártico, os EUA estão buscando uma maneira de acabar com uma ameaça ainda pior contra estes animais: o tráfico internacional de pele de urso e outras partes. Em um projeto de lei apresentado esta semana, o governo pediu a outros países que apoiem um veto ao comércio de ursos-polares e que regulem a caça da forma mais restrita possível. A solicitação, se atendida, dará aos ursos o maior grau de proteção já estabelecido em uma convenção internacional em prol das espécies ameaçadas. As evidências científicas têm mostrado que o gelo ártico está derretendo e sugerem que o aquecimento global poderá degelar todas as placas que surgem no verão em 30 anos.
Ameaçados

Elefantes na África podem ser extintos em quinze anos

O elefante está sendo barbaramente exterminado por caçadores de marfim e vendo sua população – atualmente em 600 mil – dimiuir em 38 mil indivíduos a cada ano. Este número, calculado usando o levantamento anual de apreensões de presas ilegais, ultrapassa drasticamente a taxa de nascimento dos animais, o que significa que a espécie pode acabar extinta em 15 anos, afirma Samuel Wasser, do Scientific American Journal. O comércio ilegal em torno da fauna silvestre movimenta em todo o mundo 10 bilhões de dólares (17 bilhões de reais), um número equivalente ao da época da rota dos diamantes de sangue, no auge das guerras civis africanas. Em 2006, onze toneladas de marfim foram apreendidas apenas de embarcações na fronteira entre Japão e Taiwan.
Mortos para consumo humano

Polícia encontra dois tigres congelados no porta-malas de um táxi em Hanói

A polícia vietnamita encontrou dois tigres adultos, inteiros e congelados, ao inspecionar o porta-malas de um táxi de Hanói, informou hoje a imprensa oficial do Vietnam. Os felinos, com cerca de 80 quilos cada, estavam envolvidos em plástico e destinavam-se a suprir a procura de restaurantes especializados em carnes de animais exóticos ou de farmácias dedicadas à elaboração de poções da medicina tradicional. Esta não é a primeira vez que corpos congelados de tigres são descobertos em táxis de Hanói. Apenas três meses atrás, o corpo congelado de um filhote de tigre foi encontrado no porta-malas de um táxi, dirigido por um comprador, em Hanói. Infelizmente, por causa do intenso tráfico de animais silvestres em toda a Ásia, os tigres estão quase extintos no Vietnã. Estima-se que menos de 200 tigres permanecem no Truong Son Mountain Range. Nessa região é comum a matança de tigres para ganhar dinheiro.
Crueldade financiada pela União Europeia

Milhares de coelhos são queimados para gerar biocombustível na Suécia

Coelhos estão sendo usados como se fossem objetos para servirem de matéria-prima à produção de biocombustível para o aquecimento de casas na Suécia. Os corpos de milhares de coelhos são queimados em uma usina de geração de energia na região central da Suécia. A trajetória de crueldade e total violação dos direitos animais começa em Estocolmo, capital sueca, onde a prefeitura mata milhares de coelhos anualmente para fins injustificáveis. Cerca de seis mil coelhos, seres totalmente inofensivos, foram cruelmente mortos no ano passado, e neste ano três mil já foram caçados, segundo afirma um dos caçadores contratados, Tommy Tuvunger.
Compaixão

Dez filhotes órfãos de gambá são salvos no RS

Dez filhotes de gambá foram encontrados em Charqueadas (RS) junto com a mãe, que foi atropelada. Um senhor levou os animais à Associação de Proteção aos Animais de Charqueadas (APAC) para que os devidos cuidados fossem tomados. Como a mãe não conseguiu resistir, os filhotes órfãos foram adotados por Patrícia, membro da Associação: "Entrei em contato com o Ibama e me disseram que poderíamos ficar com eles até ficarem independentes e depois libertá-los em alguma reserva. Lá em casa todos vibraram, ficamos felizes, pois eles já fazem parte da nossa família, a minha e da APAC!".
Apenas por maldade

Caçadores matam urso a tiros na frente de turistas nos EUA

Pamela Locke, seu marido e seu filho de 13 anos estavam entre os turistas que foram surpreendidos pelos caçadores brutais no Alasca. A família estava viajando pela Estrada Sterling, quando resolveu parar para admirar um jovem urso marrom em um rio próximo. De repente, ela viu um veículo estacionando, do qual desceram dois homens, que vestiam trajes camuflados, portavam rifles de caça e foram em direção ao urso. “De início imaginei que eles estivessem carregando rifles por precaução e que estariam apenas supervisionando o animal”, disse a mulher. Porém, uma outra mulher que estava em companhia dela achou estranho e foi até um dos homens questionando: “Vocês não vão atirar nesse urso, vão?”. O que ambos fizeram foi dar um sorriso cínico e responder-lhe: “Sim, nós vamos, se ele cruzar a estrada”. “Vocês só podem estar brincando comigo”, retrucou a mulher.
Treinamento de tutores/EUA

ONG reivindica planos de ação para salvar animais em caso de desastres

A Humane Society espera que aqueles que trabalham na área de cuidados animais, nos municípios e distritos, preparem um plano de ação no caso de ter que tomar conta de animais durante desastres. Durante muitos dos recentes furacões ao longo da Costa do Golfo, muitos habitantes se recusaram a sair do local sem levar os animais sob sua tutela junto com eles. E às vezes, quando levavam os animais, estes eram proibidos de embarcar nos ônibus junto com seus tutores. Esse problema fez nascer um esforço para criar um plano que garanta que tanto os animais como seus tutores possam sair do local de risco.
Consciência e respeito

Documentário vegano ganha prêmio em festival americano de cinema

O documentário Peaceable Kingdom (tradução livre: Reino da Paz) ganhou o prêmio “Spirit of Moondance” de melhor documentário no festival de cinema Moondance International que aconteceu em Boulder, Colorado, entre os dias 25 e 27 de setembro. O filme foca na experiência de pessoas que cresceram em meio à agricultura animal e que passaram a questionar as premissas básicas do seu modo de vida herdado. O filme foi produzido pela Tribe of Heart, que também já produziu The Witness, e dirigido por Jenny Stein.
Denúncia

União Europeia quer legalizar crueldades com animais usados na experimentação

Funcionários públicos britânicos ficaram chocados com o grau de sofrimento permitido pela proposta de regulamentação da União Europeia de experimentos com animais. O projeto de diretiva da UE, "relativo à proteção dos animais utilizados para fins científicos", permite que macacos, cães, gatos e potros utilizados em experimentos sintam dor intensa e duradoura. Segundo as normas, ossos dos animais podem ser quebrados, eles podem sofrer paralisação por choques elétricos. E mais: é permitido que o animal sofra traumatismo levando a falência de múltiplos órgãos; os experimentadores podem ainda restringir o movimento dos animais, que podem ser mantidos em isolamento por períodos prolongados.
Lançamento

Novo documentário tenta desvendar mistério do desaparecimento de bilhões de abelhas nos EUA

"Fuga das Abelhas", que celebra as abelhas e sua contribuição para a sobrevivência da espécie humana, acaba de estrear em um número limitado de cinemas na Grã-Bretanha. O filme mostra inúmeras colmeias que ficaram repentinamente vazias. Embora a causa ainda não tenha sido esclarecida, o documentário aponta como principal suspeito os pesticidas, particularmente os aplicados às sementes transgênicas. Segundo os idealizadores do documentário, outros fatores também podem contribuir para o desaparecimento, inclusive o fato de que as abelhas estão...
Contra a crueldade

Rinhas de cães aumentam e governo dos EUA oferece recompensa pelos criminosos

Devido ao surpreendente aumento no número de casos envolvendo rinhas de cães neste ano, as autoridades da Filadélfia estão oferecendo até U$5,000 como recompensa por informações que levem aos responsáveis pelos ringues, ou qualquer pessoa participante do crime. O novo programa de recompensas foi anunciado ontem na Filadélfia pelo governo em parceria com a Humane Society dos EUA. Ele também poderá ser aplicado a qualquer combate criminoso que envolva animais, como as brigas de galo.A SPCA da Pennsylvania declarou ter recebido mais de 400 denúncias sobre rinhas de cães só no primeiro semestre de 2009. É um crescimento assustador comparado ao total de 245 denúncias para todo o ano de 2008.
Estética sem ética

“Artistas” usam cadáveres de cães como tapetes em exposição de arte

No ano de 2007, dois supostos artistas, Ondrej Brody e Kristofer Paetau, executaram um projeto absolutamente antiético que justificaram como “arte”. Os homens foram até a cidade de La Paz, na Bolívia, obtiveram 10 cadáveres de cães executados pelo centro de zoonoses local e transformaram seus corpos em tapetes. A justificativa para o “projeto” foi de que se tratava de uma “obra de arte” que mostrava a hipocrisia da sociedade ao tratar cães como membros da família, enquanto outros animais considerados selvagens viravam tapetes pelo “fetiche da caça”. Os cadáveres dos cães foram expostos em um museu da Bolívia e mais tarde em Praga.