fbpx
sexta-feira, fevereiro 21, 2020
Vítimas dos conflitos humanos

Guerrilheiros matam animais do maior parque natural africano

Dezenas de animais foram mortos por grupos armados no mais antigo parque nacional na República Democrática do Congo desde o início do ano, segundo informaram funcionários e grupos ambientalistas. Chimpanzés, elefantes, antílopes, hipopótamos e aves foram abatidos após Virunga National Park se tornar cenário de intensos combates. O parque, na fronteira com a Uganda, foi eleito um Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco e é o lar de espécies ameaçadas, como o gorila-das-montanhas.
Sea Shepherd

40 voluntários vão “arriscar a vida” para prejudicar frota baleeira japonesa

Quarenta voluntários de todo o mundo vão "arriscar a vida", entre dezembro (2009) e março (2010), numa campanha da organização Sea Shepherd Conservation Society para impedir a caça às baleias no mar Antártico, anunciou hoje a instituição. A iniciativa foi divulgada pelo fundador capitão Paul Watson, na 61ª reunião plenária da Comissão Baleeira Internacional que está sendo realizada no Funchal, capital da Ilha da Madeira, Portugal, até sexta-feira (26). “O nosso objetivo é ir lá e ‘afundar’ a frota japonesa do ponto de vista econômico”, adiantou Watson, realçando que as ações promovidas por esta organização visam pôr os baleeiros nipônicos “fora do negócio”.
Criminoso à solta

50 gatos são envenenados em campus da Universidade Federal do Ceará

Após mais um fim de semana, professores, estudantes e funcionários da Universidade Estadual do Ceará (Uece) depararam-se com uma situação até então nunca vista. Na última segunda-feira (22), ao retornarem às aulas, eles encontraram gatos mortos pelo Campus do Itaperi. De acordo com Adriana Wanderley Pinho Pessoa, professora da Faculdade de Veterinária da Uece, ainda no domingo, ela viu uma gata, recém-chegada ao Campus, com sintomas de envenenamento. Além dela, uma estudante, que integra o grupo que se reveza para dar assistência aos animais nos fins de semana, também percebeu que os felinos estavam se comportando de forma diferente do usual.
Sociedade inteligente

A sociedade das formigas tem muito a nos ensinar, afirma cientista

Aos 72 anos, Bert Hoelldobler, professor de ciências na Universidade Estadual do Arizona e professor emérito na Universidade de Würzburg, na Alemanha, é um dos maiores especialistas em formigas no mundo. Junto com seu colaborador, E. O. Wilson, Hoelldobler ganhou um prêmio Pulitzer, em 1991, por “The Ants” (As Formigas). Os dois escreveram um segundo livro em 2008, chamado “The Superorganism: The Beauty, Elegance and Strangeness of Insect Societies" (O Superorganismo: A Beleza, Elegância e Estranheza das Sociedades de Insetos).
Crueldade não é cultura

Tradições espanholas cruéis podem passar a ser Patrimônio Cultural da Humanidade

Durante a semana de 22 a 30 de junho, representantes da UNESCO se reunirão em Sevilha (Espanha) para definir as festas espanholas que se converterão em Patrimônio Cultural da Humanidade. Entre elas, por mais absurdo que pareça, está a corrida de touros de San Fermín (Pamplona). O festejo ocorre todos os anos em julho em homenagem ao Santo Padroeiro de Pamplona, tendo sempre resultado negativo que inclui a morte dos animais explorados e de pessoas.
Grandes companheiros

Brincalhões, felinos são garantia de boa companhia

Eles não necessitam de grandes áreas para viver, são brincalhões, independentes, asseados e adoram dormir. Chegam a repousar até 16h por dia. Alguns estudos indicam que o convívio com gatos reduz o ritmo cardíaco e a pressão arterial. Tutores costumam afirmar que ter um gato em casa é garantia de ter por perto um grande companheiro. A veterinária explica que o gato é um animal muito comunicativo, tanto por miados como corporalmente, por isso, pessoas que nunca tiveram um gato têm certa dificuldade de compreender o que os gestos, desde a orelha até o rabo, dizem.
Crueldade sem limites

Toureiro mirim alimenta-se de gansos torturados e se orgulha disso

O show de crueldade de Michelito parece não se resumir às touradas. O mesmo garoto que mata touros, e é dito normal por assistir a Bob Esponja e tirar boas notas nas provas de matemática, tem ainda entre suas comidas prediletas o "foie gras". Para quem não sabe, o "foie gras" é o fígado inchado de patos e gansos, obtido através do método da alimentação forçada: um funil de mais de 40 cm de comprimento é empurrado diariamente pelo pescoço abaixo desses animais. É então forçada pela garganta abaixo do animal, à máquina ou à mão, uma quantidade de cereais misturado com uma grande quantidade de gordura. A partir do 12º dia este processo é repetido de 3 em 3 horas, ou seja 8 vezes por dia.
Maus-tratos

Loja com 130 animais é fechada no Rio de Janeiro

Foram apreendidos nesta sexta-feira 130 animais exóticos e domésticos que estavam sendo vendidos irregularmente numa loja no Centro do Rio. A Casa de Pássaros Guará foi fechada por agentes da Comissão de Defesa do Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Rio, presidida pelo deputado André Lazaroni (PV). Entre os animais, estava uma papagaio de espécie "ecleto" - avaliado em R$ 8 mil - morto dentro de uma geladeira. Foram recolhidos também diversos medicamentos fora da validade.
Cruel

ONG acusa Tailândia de ter maior mercado ilegal de marfim da Ásia

A ONG conservacionista Traffic acusou nesta sexta-feira (19) a Tailândia de ter o maior mercado ilegal de marfim da Ásia, apesar das promessas das autoridades de combater esse crime. "A Tailândia é um dos cinco países do mundo com maior tráfico de marfim ilegal, mas as autoridades não parecem tomar medidas sobre o assunto", assinalou em comunicado o pesquisador Tom Miliken. Durante um estudo realizado entre 2006 e o 2008, a ONG detectou neste país cerca de 26 mil peças fabricadas a partir de marfim ilegal, mas admitiu que o tráfico caiu desde a última pesquisa, de 2001, quando foram encontradas 88 mil peças.
Sudeste asiático

Contaminação do rio Mekong está levando espécie de golfinho à extinção

A contaminação do rio Mekong, no sudeste asiático, está levando o golfinho do Mekong à extinção, denunciou nesta quinta-feira (18) o Fundo Mundial para a Natureza (WWF, siglas em inglês). A organização afirma que o alto nível de pesticida registrado a partir de 2003 nas águas do Mekong reduziu a população dos golfinhos de 76 para 64 indivíduos no rio. A WWF disse que investiga como os pesticidas chegaram ao Mekong, rio que atravessa Camboja, Laos, Myanmar, Tailândia, Vietnã e a província chinesa de Yunnan.
Crime duplo

Traficantes matam tubarões para esconder drogas

Não bastasse a matança de tubarões pelas redes de pesca industrial e pelos chineses que querem sua barbatana, um incidente no México ilustra como para os animais o mundo muitas vezes lembra um campo de concentração. Segundo notícia publicada pela Reuters, marinheiros mexicanos encontraram cerca de 20 carcaças de tubarão que estavam recheadas de cocaína. Elas foram encontradas ontem em um container de um navio aportado em Yucatán, sul do México. Nos corpos dos animais havia mais de uma tonelada da droga.
Fim dos testes

Pele artificial substituirá animais nos testes de cosméticos

Antes de serem postos no mercado, produtos como cremes de beleza, sabonetes, detergentes, medicamentos e até curativos precisam ser avaliados para se ter certeza de que eles são compatíveis com a pele humana ou se suas fórmulas poderão causar alergias e irritações. Hoje esses produtos são inicialmente testados em animais, antes de serem avaliados na pele de voluntários. É certo que seria muito mais seguro para todos se eles pudessem ser testados em modelos sintéticos que reproduzissem mais adequadamente a textura, a consistência e a composição da pele humana.