segunda-feira, julho 6, 2020
Homenagem

07/04-Antonio da Coeso pede orelhões ecológicos em Aquidauana (MS)

Buscando contribuir com a divulgação da fauna do Pantanal e melhorar o aspecto visual de Aquidauana, o vereador Antonio da Coeso, presidente da Câmara de Aquidauana, solicitou nessa semana a realização de estudos visando à colocação de telefones públicos, do tipo orelhão, em forma de animais típicos da região. De acordo com o vereador, a proposição visa embelezar os pontos mais frequentados da cidade, a exemplo de outras cidades do nosso Estado, como Miranda e Corumbá, além de fazer referência aos animais da região como o tuiuiú, onça-pintada, tucano, garça, peixe pintado, entre outros.
Cuidados especiais

Centro de recepção e recolhimento de animais selvagens em Portugal inaugura novo setor

Um túnel de voo octogonal, com um pequeno hospital incorporado, é o espaço de tratamento inovador do Centro de Recepção e Acolhimento de Animais Selvagens (CRATAS) da Universidade de Vila Real. Entre grifos, cegonhas, açores, corvos, corujas e até mesmo uma raposa, ao todo são 30 os animais selvagens em recuperação. O diretor do serviço de animais selvagens e exóticos do Hospital Veterinário da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (HV UTAD), Filipe Silva, informou que o CRATAS é constituído por três estruturas. A 'grande inovação' é o edifício octogonal, que possui um pequeno hospital para tratamento de animais selvagens.
Massacre

Operação flagra caçadores com 250 kg de carne de animais silvestres

Antas, veados, porcos-do-mato e jacus foram encontrados mortos por uma operação do Ibama realizada no Parque Nacional da Serra do Divisor, na divisa do Brasil com o Peru. O flagrante foi realizado no último final de semana, quando os fiscais acharam três caçadores no meio da mata. Um deles conseguiu fugir, mas outros dois foram levados ao Ibama e multados em R$ 131 mil.
Tráfico de animais

Homem é preso com 40 aves em Jaraguá do Sul

A Polícia Civil de Jaraguá do Sul prendeu em flagrante um homem de 49 anos que estaria mantendo em cativeiro pássaros silvestres. A ação policial ocorreu depois de uma denúncia anônima. Na manhã desta terça-feira, os investigadores foram até a casa do denunciado, no bairro Barra do Rio Molha, e encontraram 40 gaiolas com aves de, pelo menos, dez espécies diferentes. Algumas eram raras na região, como o bico-de-pimenta e o cardeal. Também foram localizadas outras dezenas de gaiolas vazias e armadilhas que seriam usadas para capturar os pássaros.
Vítima da pesca

Raro tubarão é encontrado e vira comida de pescador

Um raro tubarão de boca grande (Megachasma pelagios) - espécie ainda pouco conhecida no mundo, com somente 41 exemplares registrados - ficou preso às redes de pesca de um barco na baía de Sorsogon, nas Filipinas, e acabou virando janta de pescador, segundo anunciou nesta terça-feira a World Wildlife Fund (WWF). A ONG, que defende a vida selvagem, lamentou a decisão dos pescadores de esquartejarem o animal para virar alimento. As informações são da agência EFE.
Vacinação

Vacinação contra raiva animal começa hoje em bairros de Corumbá

Agentes de endemias do Centro de Controle de Zoonoses da Prefeitura de Corumbá realizam hoje, terça-feira, a campanha de vacinação contra a raiva animal no bairro Maria Leite. Os trabalhos foram iniciados logo nas primeiras horas da manhã e a ação conta com apoio de soldados do Exército Brasileiro. Corumbá não registra caso da doença desde julho de 2008 e a imunização acontece de casa em casa.
Peru

Rã descoberta no Peru mede cerca de 1 centímetro

Uma nova espécie de rã foi encontrada no Parque Nacional Manu, perto de Cuzco, no sudeste do Peru. A descoberta foi anunciada pelo Instituto de Pesquisa e Museu de História Natural de Dresden. As informações são da agência AFP. A espécie foi batizada de Noblella pygmaea e é a menor encontrada nos Andes, com cerca de 1 cm de comprimento. A rã é um dos menores vertebrados já encontrados acima de 3 mil metros de altitude e vive em ambientes úmidos, mas terrestres.
Efeito borboleta

Como a extinção de uma espécie animal pode afetar nossa vida

Uma borboleta bate as asas em São Paulo e um tufão atinge Pequim. A conhecida frase é uma popularização do “efeito borboleta”, termo que se refere às condições iniciais dentro da teoria do caos, e significa que um evento, por menor que seja, pode alterar significativamente o curso natural das coisas.
Leishmaniose

ONGs protestam por causa de lixo em Santa Maria (RS)

Integrantes de organizações não governamentais que cuidam de animais e defendem o ambiente fizeram um protesto, no sábado de manhã, por causa da vinda do lixo de São Borja para ser tratado em Santa Maria. Com faixas e cartazes, os participantes alegaram que o mosquito-palha, transmissor da leishmaniose, é trazido junto com o lixo. E, como na cidade da Fonteira Oeste já foram registrados casos da doença e houve até sacrifício de cães — um dos hospedeiros — haveria risco de a doença chegar aqui.
Denúncia

Mais de cem animais morrem nas obras do trecho sul do Rodoanel

Mais de cem animais silvestres, que deveriam receber tratamento especial e ser removidos das áreas de mata atlântica onde estão sendo realizadas as obras de construção do trecho sul do Rodoanel, morreram. Parte era de espécies ameaçadas de extinção. Dos 137 animais enviados para recuperação em parques e clínicas veterinárias, 105 (76,6%) perderam a vida. São veados-catingueiros, macacos bugios, preguiças-de-três-dedos, lagartos teiús, gambás, cobras, corujas-orelhudas e várias outras espécies que deveriam passar por manejo cuidadoso, mas tiveram ferimentos graves ou estresse profundo - que resultaram em óbito.
Uma corajosa sobrevivente

Cadela nada 10 km em mar infestado de tubarões e vive 4 meses em ilha deserta

A cadelinha Sophie Tucker deu um grande susto em sua família, mas depois de quatro meses a história acabou bem. Sophie caiu do iate de sua dona, Jan Griffith, nadou por cerca de 10 km em águas infestadas de tubarões e sobreviveu, sozinha, em uma ilha deserta na costa da Austrália. Pescadores que frequentam a ilha deserta desconfiaram da presença da cadela no local após encontrarem corpos de cabritinhos e coalas, animais que normalmente não encontram predadores no local. Moradores da região se surpreendem com o fato de Sophie não ter sido atacada por tubarões no trecho que a separava da ilha. A região é infestada por tubarões-tigre e tubarões cabeça-de-martelo.
Aracaju / SE

PMA imuniza mais de 7 mil animais

Os animais que ficam soltos pelas ruas da cidade raramente recebem os cuidados necessários para ter uma vida saudável. Além de sofrer com doenças como infestação de carrapatos e leishmaniose, os cães e gatos estão sujeitos a contrair raiva e transmiti-la a qualquer pessoa, por meio de mordidas ou arranhões. Para evitar que a doença se dissemine, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) intensificou a vacinação antirrábica entre os dias 23 e 27 de março.