fbpx
domingo, dezembro 15, 2019
Início Colunistas Plataforma Terráqueos

Plataforma Terráqueos

Aleluia Heringer Lisboa Teixeira
Professora.
Doutora em Educação pela UFMG
Diretora do Colégio Santo Agostinho – Contagem
Vegana e idealizadora da Plataforma Terráqueos (www.plataformaterraqueos.org.br)
[email protected]

PLATAFORMA TERRÁQUEOS

O primeiro e o mais importante

Quem é o mais necessitado? Qual é a causa primeira a que devemos dispensar todo o nosso esforço? O que vem à frente? O idoso ou a criança? O morador de rua ou o cachorro atropelado? A todo momento criamos categorias e hierarquias para que possamos identificar o “mais importante”. O ato de enquadrar e esquadrinhar tem o seu valor no método científico. É preciso fazer recortes, delimitar para entender de forma verticalizada algum objeto, mas a vida, em sua complexidade, não funciona assim.
PLATAFORMA TERRÁQUEOS

PORCO é PORCO

“Porco é agro, porco é tech, porco é tudo”...Todos já viram esta propaganda algum dia. O que muda é o tema: café, algodão, leite, soja etc. Quando o comercial termina o cidadão brasileiro se enche de orgulho da grandeza de nossa economia e se convence de que este caminho nos levará ao progresso e riqueza do país.
PLATAFORMA TERRÁQUEOS

Isso é humano!

A greve dos caminhoneiros e o estrangulamento no sistema de abastecimento, para além das possíveis análises da política e economia, revelou algumas situações curiosas. Pelo menos três me chamaram a atenção.
PLATAFORMA TERRÁQUEOS

Nosso NADA e nosso TUDO

Qual nosso limite quando se trata de acessar o corpo do outro? Entre os humanos, de modo geral, torturar, violentar, machucar, interditar, entre outras ações similares, são reprovadas e consideradas crimes
PLATAFORMA TERRÁQUEOS

O normal, o avesso e o avesso do avesso

Este é um depoimento pessoal. Por ser assim, narra uma história que só tem como intuito inspirar e levar a pensar, nunca de convencer.
PLATAFORMA TERRÁQUEOS

Coisa ou alguém?

─ Aleluia, você poderia nos ajudar? disse a professora do 3º ano do Ensino Fundamental. - É que no livro de geografia consta que o animal é recurso natural renovável. As crianças estão aceitando esta afirmação, porém com desconfiança e muitas perguntas. Você poderia bater um papo com elas?
Plataforma terráqueos

Animal: a dívida da escola

A educação escolar é devedora para com os animais. Uma dívida silenciosa, acumulada ao longo do tempo e nem sempre consciente. Com a naturalização da condição da escravidão animal, ensinamos a indiferença. Mas quando acontece? Em quais tempos e lugares? Em nosso silêncio, em nossa indiferença, no nada fazer, no nada dizer, nada perguntar e no nada estranhar. Repartimos o animal para não vê-lo em sua singularidade. Reproduzimo-los aos milhões e, nos números, tiramos deles um nome. Passam a ser peças, arrobas, toneladas, carcaças ou cifras da economia.
PLATAFORMA TERRÁQUEOS - ALELUIA HERINGER

Humanos e Ciborgues: qual o lugar do animal?

Como será a relação entre humanos de carne e osso e os ciborgues superinteligentes? Em uma época em que “buscamos nos tornar deuses”, o historiador israelense Yuval Noah Harari, autor do livro Homo deus: uma breve história do amanhã, surpreende ao responder a essa pergunta. Ele dedica a 1ª parte do seu livro ao exame da relação entre o Homo sapiens e outros animais. Mesmo discutindo grandes questões da humanidade e do mundo moderno, Yuval insiste que não se pode realizar um debate sério sobre a natureza e o futuro da humanidade sem começar com nossos colegas animais.
PLATAFORMA TERRÁQUEOS - ALELUIA HERINGER

Atlas da Carne: uma breve resenha

O Altas da Carne é uma publicação de 68 páginas da Fundação alemã Heinrich Böll Stiftung. Editado em alemão em 2013, saiu agora a versão em português (disponível gratuitamente pela internet).
PLATAFORMA TERRÁQUEOS - ALELUIA HERINGER

“Uma escola que me entenda”

Era isto que a Luíza, de 07 anos de idade, estava procurando. Filha de pais vegetarianos, tomou a decisão de ser vegana. Na sua escola de origem, tinha dificuldade para ser entendida quando questionava alguma coisa, como a visita noturna ao zoológico: “Professora! Você não está lendo sobre as coisas que acontecem nos zoológicos”? Sentia-se desconcertada, porque nunca a consideravam no momento de um lanche especial. Se um adulto enfrenta barreiras ao tomar esta decisão, o que dizer de uma criança totalmente dependente dos pais e dos adultos a sua volta?
PLATAFORMA TERRÁQUEOS - ALELUIA HERINGER

Tudo, menos os frutos da terra

Neste ano tive algumas oportunidades de falar para estudantes e educadores, de diferentes realidades, seja por ser este o Ano Internacional das Leguminosas (FAO-ONU); Década da Ação pela Nutrição (ONU), em razão do ensaio que publiquei sobre a encíclica do Papa Francisco, Laudato Sí’; ou quando a temática era a crise ambiental. Todos os assuntos estão relacionados e, em todas as ocasiões, o aspecto alimentar foi abordado sob diversas perspectivas de hábitos e costumes, econômica, nutricional, política, ética ou da saúde.
PLATAFORMA TERRÁQUEOS - ALELUIA HERINGER

Doze considerações sobre um vegano

O conceito pré-formado, que chamamos de (pré) conceito, é um grande muralha. Bloqueamos o caminho que nos levaria a conhecer outras pessoas com suas razões e lógicas. Seria tão bom somente ouvi-las sem a necessidade de se armar intelectualmente para rebater cada linha que não seja igual a nossa. De onde veio tamanha chatice? Parece que nossas ideias são tão frágeis que temos que evitar, por receio, as ideias do outro. Somos também, altamente, sugestionados pela aparência alheia. Outra muralha. Dependendo de como a pessoa se apresenta, já nos fechamos, como se sua “capa” infectasse sua palavra.