Órfão

Filhote de anta é resgatado após perder a mãe em Mato Grosso

A suspeita dos militares é que a mãe do animal tenha sido morta por atropelamento ou perdido o filhote, que ficou na estrada à própria sorte, sob risco de ser atropelado

Foto: Divulgação
Foto: UFMT/Sinop

Um filhote de anta foi resgatado no estado do Mato Grosso após ser encontrado sozinho em uma estrada. Desidratado, o animal silvestre estava na margem da MT-242, em um trecho que liga as cidades de Sorriso e Ipiranga do Norte.

Órfão, o filhote foi resgatado por uma equipe do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso e está recebendo os cuidados necessários.

A suspeita dos militares é que a mãe do animal tenha sido morta por atropelamento ou perdido o filhote, que ficou na estrada à própria sorte, sob risco de ser atropelado.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

O animal foi salvo pelos bombeiros no último final de semana. Após o resgate, ele foi encaminhado para a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), que o recebeu em seu hospital veterinário em Sinop, a 503 quilômetros de distância de Cuiabá.

A UFMT informou ao G1 que o filhote é do sexo masculino e que, embora tenha sido resgatado bastante desidratado, apresenta boa recuperação e consegue se alimentar sozinho.

Maior mamífero terrestre brasileiro, a anta é conhecida como jardineira das florestas por dispersar sementes de maneira bastante eficaz, contribuindo para a manutenção dos biomas brasileiros. Sua importância na natureza torna ainda mais alarmante o risco de extinção ao qual a espécie está submetida por conta da caça, do desmatamento e dos atropelamentos em rodovias.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui