Comovente

Cãozinho em luto se recusar a abandonar túmulo de seus melhores amigos

Casal de fazendeiros se comoveu após ver a lealdade do filhote aos amigos caninos. A suspeita é de que a perda dos animais foi causada por ingestão de pesticida.

Ted deita sobre o tumulo de seus amigos | Reprodução: Facebook
Ted (filhote branco) e Tippy (cachorro preto) se divertem juntos | Reprodução: Facebook

Os cachorros Tippy (2) e Fay (7) tinham uma vida saudável e vivam juntamente com o filhote Ted, na fazenda do casal de fazendeiros Gred e Pat Jackson, em Queensland, Austrália. Fay, por ser mais velho, era menos brincalhão, mas Tippy, de apenas 2 anos, e Ted passavam os dias se divertindo e eram grandes amigos, como conta Pat.

Cachorro Fay também amigo de Ted. | Reprodução: Facebook

Mas tudo mudou na manhã de 31 de agosto, quando Greg encontrou Tippy chorando de agonia e antes pudesse pedir ajuda profissional o animal faleceu. Horas depois, situação semelhante acontecia, quando os Jackson retornaram para casa e encontraram Fay, de sete anos, deitada rígida. Ela também faleceu.

As mortes chocaram o casal, que suspeita que os cães morreram após ingerirem iscas envenenadas de fluoroacetato de sódio, conhecido também por 1080.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

O produto químico é um pesticida altamente tóxico. É facilmente ingerido, pois é inodoro, insípido e incolor. Os Jacksons não sabem como o produto químico entrou em sua fazenda, mas acreditam que um pássaro pode tê-lo deixado cair.

Segundo Pat, o casal está ainda lutando contra a perda: “Em 47 anos de casamento, nunca tinha visto meu marido estar tão angustiado, soluçando e chorando”, aponta.

Pat conversa com sua companheira Tippy | Reprodução: Facebook

Mas uma situação também comoveu o casal, que optou por enterrar os dois amigos leais um ao lado do outro em sua propriedade. Assim que o tumulo foi coberto, o pequeno Ted se recusou a deixar o local, deitando-se no chão de terra com aparência abatida, sofrendo a perda dos grandes amigos.

“Greg teve que literalmente pegá-lo no colo e colocá-lo no carro para levá-lo para casa”, comenta a sra. Jackson.

Ted deita sobre o tumulo de seus amigos | Reprodução: Facebook

Após duas semanas do ocorrido, Pat diz que ainda é difícil ter momentos em família e não se lembrar-se deles. “Ted está indo muito bem, cachorrinho muito feliz, mas você pode ver que ele deve estar sentindo falta dos companheiros”, finaliza.

Ted senta sobre o tumulo de Tippy e Fay. | Reprodução: Facebook

Na Austrália, as pessoas devem ter autorização para colocar iscas e deve haver notificação nas áreas onde elas podem ser encontradas, mas isso não impede que animais sejam vitimados por elas.

O casal agora pede para que o pesticida seja banido da Austrália, e realizou uma petição solicitando a investigação sobre a morte dos cachorros que reuniu mais de 2.000 assinaturas em menos de dois dias.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui