Mudanças climáticas

Uma a cada oito mortes se deve à poluição e ao meio ambiente

Pixabay
Pixabay

Fatores ambientais como a contaminação do ar e as ondas de calor excessivo causada pelas mudanças climáticas contribuem com cerca de 13% de todas as mortes na Europa, disse à Agência Europa do Meio Ambiente (AEMA).

Um total de 630.000 mortes nos 27 países da União Europeia, mais o Reino Unido, foram atribuídos a fatores ambientais em 2012, o último ano que há dados disponíveis, indica a AEMA em um informe. “Estas mortes podem ser prevenidas e reduzidas significativamente através dos esforços para melhorar a qualidade do meio ambiente”, acrescentou.

A contaminação do ar é o maior risco de saúde ambiental na Europa, contribuindo com mais de 400.000 mortes prematuras a cada ano. A Exposição prolongada a poluentes pode causar diabetes, doenças pulmonares e câncer, e há dados que sugerem que pode estar relacionada com maiores taxas de mortalidade entre os pacientes da Covid-19.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Os níveis de contaminação da Europa caíram devido aos confinamentos para conter a pandemia do coronavírus, mas a previsão é que a estatística seja temporária e que a maioria dos países da EU não cumpram os objetivos de reduzir os poluentes atmosféricos na próxima década.

A AEMA disse que a pandemia do coronavírus evidenciou a conexão entre o meio ambiente e a saúde humana, demostrando o aumento do risco da transmissão de doenças dos animais aos seres humanos como resultado da degradação do meio ambiente e a produção de carne.

“A covid- 19 foi outra chamada de atenção, nos fazendo muito conscientes da relação entre nossos ecossistemas e nossa saúde”, disse a responsável de saúde da EU, Stella Kyriakides, em um comunicado.

A Comissão Europeia propôs objetivos na EU para que a agricultura seja mais sustentável, protegendo os habitats naturais e freando o uso de praguicidas, ainda que organizações de agricultores tenham alertado que essas metas poderiam reduzir o rendimento dos cultivos.
A AEMA disse que a qualidade da água potável é invariavelmente alta em toda a EU, mas alertou para a liberação de antibióticos por meio de estações de tratamento de águas residuais, que podem provocar a propagação da resistência aos Antimicrobianos.

As infecções por bactérias resistentes aos medicamentos causam aproximadamente 25.000 mortes na EU a cada ano.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui