VIDA NOVA

Resgatado de rinhas, cão machucado ganha seu primeiro banho quente

Margus de Wallachia | Redação ANDA

Depois de tanto sofrimento, Rambo foi tratado, recuperou-se e encontrou um lar onde vive cercado de amor


Escute

A caminho de um novo trabalho, Casey Lawrence não imaginava que uma volta errada faria dela heroína por um dia. Quando espiou bem ao redor, a corretora de imóveis notou um galpão de cães usados em rinhas. E ficou boquiaberta ao ver a cena de horror lá dentro: os cadáveres dos pobres animais forçados a combater.

Por sorte, havia um desses cachorros que parecia ainda lutar por sua vida. Lawrence entrou de imediato e o viu caído. Às pressas, ela pôs o animal no carro e alavancou para a Clínica Veterinária Baxter. Decidiram chamá-lo de Rambo.

CARE

O doutor nem precisou fazer um exame profundo para ver que o cão levou uma vida dura, bastou ver as muitas feridas e marcas de mordidas por todo o corpo. Suas pernas traseiras estavam infectadas e feridas, precisando ser amputada. Acredita-se que elas foram danificadas por terem amarrado seu calcanhar um ao outro.

Apesar de toda a atrocidade que passou, Rambo ainda abana a cauda. Faz questão de demonstrar a quem o salvou sua vontade de viver.

Depois da cirurgia, encaminharam-no para a Emergência e Recepção Animal Charlotte (CARE) para demais tratamentos. E, a cada dia, Rambo parecia um pouco mais forte.

O campeão ganhou seu primeiro banho quente na vida, muitos brinquedos – com os quais brinca o dia todo. Inicialmente, ele foi levado para um lar provisório até que por fim achou uma tutora pelo resto da vida. Shelly Cheshire, a nova tutora, foi quem publicou a história do mascote no fórum ILoveMyDogSoMuch.

CARE

Além de novos “papais” humanos, Rambo ganhou também um irmão peludo, o Dallas, com quem logo fez amizade.

Uma coisa é certa: se Casey não tivesse se perdido a caminho do trabalho, Rambo provavelmente não estaria vivo hoje. “Os imprevistos podem mudar todo o roteiro da sua vida, mas nunca podem te tirar da direção da peça”, disse.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

RECONHECIMENTO

PRESERVAÇÃO

VAQUINHA ON-LINE

FINAL FELIZ

LEALDADE

COMPROMISSO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>