DEMANDA

Animais explorados pela pecuária irão morrer cada vez mais cedo

Lucas Costa | Redação ANDA

Aumento da população impacta a expectativa de vida dos animais, que morrem em um curto intervalo de tempo.


Escute
Foto: Pixabay

Com o crescente aumento de demanda, animais que são criados especificamente para consumo podem viver ainda menos que o habitual.

Medidos pelo quanto podem ser “produtivos” ou “valiosos”, muitos frangos, porcos e bois mal chegam na fase adulta, o que abre a discussão de como a expectativa de vida nada natural desses animais pode afetar o futuro. Ao invés de viverem por anos, morrem em meses ou até dias, o que consequentemente vai aumentando a procura por mais animais para essa finalidade.

O portal Vegazeta apresenta dados da ONU, que dizem que a indústria da carne é responsável por mais de 80 bilhões de animais mortos ao ano, atualmente. Combinado com uma estimativa da população no nosso planeta chegar a 10 bilhões até 2050, a tendência é que a indústria pecuária tenha que agilizar os processos para suprir as necessidades das pessoas, que só irão crescer conforme os anos passarem.

Necessidade essa que não é mais tão necessária. Hoje, já dispomos de diversas alternativas para uma alimentação sem crueldade animal, incluindo tudo o que necessário para manter um ser humano saudável. É o momento de repensar os costumes, pois o ciclo da vida de nenhum ser vivo deveria ser interrompido ou coibido, mas sim respeitado e vivido.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CRUELDADE INTRÍNSECA

RECIFE (PE)

RECOMEÇO

CONSCIÊNCIA

DESAMPARO

COVARDIA

APOIO COLETIVO

CONSCIENTIZAÇÃO

MISSÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>