EXTERMÍNIO

Número de animais mortos em queimadas no Pantanal em 2020 pode ultrapassar 10 milhões

Lucas Costa | Redação ANDA

Estimativa preliminar feita por pesquisadores mostra estrago avassalador na fauna da região.


Escute
Foto: João Paulo Guimarães/Repórter Brasil

O pesquisador Walfrido Thomas, do Laboratório de Vida Selvagem da Embrapa Pantanal, coordena um inventário que está sendo produzido pela Embrapa junto a outras instituições e pesquisadores parceiros, que levanta o reflexo das queimadas no Pantanal na falta local após os incêndios do ano passado.

Em sua entrevista ao Globo Repórter, Walfrido disse que uma força tarefa voluntaria foi formada para fazer o levantamento da quantidade de animais mortos em decorrência dos incêndios no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Essa estimativa ainda era desconhecida e é de extrema importância para entender e reparar os danos causados.

Com uma metodologia padronizada, avaliando os locais de 24 a 48 horas após a passagem do fogo, o pesquisador ainda conta à reportagem que uma estimativa preliminar mostra uma perca em mais de 10 milhões de animais. “Os números, quando a gente terminar a análise, vão mostrar um impacto bastante assustador nessas áreas que queimaram”, relata.

O inventário ainda não foi finalizado e se encontra na fase de análise de dados.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR

VIDA NOVA

RIO DE JANEIRO

ALTERNATIVA VEGANA

GENEROSIDADE

REABILITAÇÃO

EMPATIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>