REENCONTRO

Cadelinha cega e surda reconhece avô após um ano separados

Giovanna Machado | Redação ANDA

Cadela deficiente reencontra seu avô após 1 ano separador por conta da pandemia


Escute
Foto: Histórias Com Valor

Há cinco anos, a cadela Bitsy foi adotada por uma família muito amorosa e unida. Hayden Kristal foi a responsável pela adoção, mas foi seu pai Steve que ficou muito preocupado em como seria. Ele se preocupava com o tipo de vida que a cadelinha surda e cega de apenas cinco semanas de vida teria, e se ela seria capaz de se virar sozinha.

No entanto, assim que a conheceu, os medos de Steve se esvaziaram por completo. “Ela tem sido dona de si desde o primeiro dia”, relatou Kristal e completou “Ela é ousada e atrevida e adora aventura!”

Bitsy está longe de ser um animal indefeso como Steve imaginara. Ela viajou por todo o país com sua mãe fazendo caminhadas, canoagem e até passeios de skate.

Steve e Bitsy também saem juntos sempre que podem e são muito apegados um ao outro. “Bitsy é o cão mais doce, amigável, mais amoroso e leal do mundo”, disse Kristal e “Ele (Steve) é seu fã número um, (…) Ele faz as coisas típicas de vovô de mimá-la com guloseimas e brinquedos e ela adora ficar perto dele).

No entanto, com a pandemia e as restrições que a Covid-19 causou, a família precisou ficar separada por um tempo. Steve e Bitsy ficar cerca de 1 ano sem se ver.

Foto: Histórias Com Valor

Agora, o reencontro dos dois foi emocionante e compartilhado no perfil de Kristal nas redes sociais do Facebook e TikTok. Steve temia que a cadelinha não o reconhecesse ou lembrasse dele, mas a reação foi exatamente o contrário. “Assim que cheguei ao alcance do cheiro, ela enlouqueceu de alegria”, escreveu ela. “Eu também.”

Kristal sabia que Bitsy nunca esqueceria de pessoas que tanto a amam. “Mais uma vez, Bitsy provou que as habilidades que possui são muito mais impressionantes do que as que falta”, comentou.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CATIVO EM ZOO

CRIME AMBIENTAL

RESPONSABILIZAÇÃO

ABERRAÇÃO LEGISLATIVA

ESCRAVIDÃO

EXEMPLO

CICLOVIA RIO PINHEIROS

ESTRESSE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>