CONSCIENTIZAÇÃO

Pamela Anderson critica o consumo de carne e o associa ao desperdício de água

Vitória Viviann | Redação ANDA

São necessários aproximadamente quatro milhões de galões de água para produzir uma tonelada de carne bovina


Escute
Foto: Divulgação

Na campanha contra o desperdício de água nessa semana, nos EUA, lançada pela organização Pessoas Pelo Tratamento Ético dos Animais (PETA), a atriz e ativista Pamela Anderson destaca que para economizar água não basta tomar banhos curtos, é preciso fechar a torneira da agropecuária, das indústrias de carne e laticínios.

Para reduzir o consumo de água e ajudar o meio ambiente, ela pede que o público “experimente o veganismo”.

“A produção de meio quilo de carne usa tanta água quanto cerca de seis meses de banho”, diz Pamela em referência a todo o processo, desde a criação até chegar no prato do consumidor.

“Ainda com um chuveiro antigo e menos ecológico um banho de dez minutos exige uma média de 40 galões de água. E são necessários quatro milhões de galões de água para produzir uma tonelada de carne bovina.”

Contra o consumo de leite de vaca

Em 2020, a ativista ofereceu ajuda para o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, para que ele adote o veganismo, mas não obteve resposta.

Em 2018, ela se manifestou contra a indústria de laticínios em uma carta enviada em apoio a Organização Mundial da Saúde (OMS) e publicada no site da PETA.

Na época, o até então presidente, Donald Trump, defendeu o uso de leite em pó e desqualificou o trabalho da OMS em prol do aleitamento materno, o que acabou gerando uma suposição que é possível uma estratégia de marketing a favor da indústria de laticínios.

Crueldade contra animais

A ativista afirma que não é natural dar leite que é destinado para os bezerros, para um bebê. “Comprar fórmulas à base de laticínios também apoia a horrível crueldade contra os animais”, afirmou.

As vacas são forçadas a engravidarem várias vezes, e geralmente são separadas dos filhos com menos de um dia de idade. Tudo isso para que os seres humanos possam vender o leite que pretence a outro animal, segundo dados do site Vegazeta.

Saiba mais

De acordo com a organização Humane Society International, parar com o consumo de leite pode ter uma economia de água de aproximadamente 328 banhos por dia.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ESTRESSE

RESILIÊNCIA

BRECHAS LEGAIS

DENÚNCIA

ATROCIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>