PROTEÇÃO

Estrada é fechada para que sapos e rãs possam atravessar

Gustavo Henrique Araújo | Redação ANDA


Escute
Foto: Reprodução | Pixabay

Durante as noites de abril, uma estrada movimentada na capital da Estônia, Talin, foi encerrada para manter segura a travessia de milhares de sapos e rãs que viajam para o outro lado em direção a uma lagoa onde se reproduzem.

Voluntários também ajudam esses anfíbios a passarem por estradas na primavera e relatam ter salvo 97 mil animais em anos anteriores, incluindo 2 mil em 2020, na mesma estrada de Talin.

Com a pandemia do novo coronavírus, para que a ajuda continue este ano, o encerramento de estradas é a única maneira para a salvação dos animais. “Os sapos estavam aqui antes da estrada”, disse Kristel Saarm, um voluntário do Fundo Nacional da Estônia.

“Agora as lagoas onde eles se reproduzem estão de um lado da estrada e o local onde passam o inverno está do outro. Por isso, são obrigados a atravessar.”

Como a temperatura na superfície da estrada é maior, tornando os anfíbios sonolentos e, por conseguinte, mais lentos, estima-se que cerca de 300 possam ficar presos a cada vez que tentam atravessar, tornando-se vulneráveis aos carros.

Talin considera a construção de um túnel sob a estrada para rãs e sapos atravessarem, ou a providência de uma lagoa no lado onde esses animais passam o inverno, revelou o chefe adjunto do distrito de Haabersti, Oleg Siljanov.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR

VIDA NOVA

RIO DE JANEIRO

ALTERNATIVA VEGANA

GENEROSIDADE

REABILITAÇÃO

EMPATIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>