AMOR

Tutores criam cama móvel para passear com cadela idosa

Gabriela | Redação ANDA


Escute
Foto: Tom Antonino e Carrie Copenhaver

Cocoa, da raça Chesapeake Bay Retriever, foi em tempos uma cadelinha energética, no entanto, ao completar 16 anos perdeu praticamente a capacidade de andar.

Desolados por verem seu animal sofrendo, os tutores começaram a pensar em uma forma de conseguir levá-la para passear.

Tom Antonino e Carrie Copenhaver criaram, então, uma cama móvel, na qual poderiam levar a cachorra até a praia para ver o mar.

Foto: Tom Antonino e Carrie Copenhaver

O casal que vive na Georgia, nos Estados Unidos, visitava frequentemente a praia de Virginia e foi lá que registaram uma foto que a cachorra contemplava o mar, que se tornou viral um tempo depois.

Cocoa morreu recentemente e apesar da tristeza, Antonio diz que se orgulha que Cocoa foi capaz de mostrar ao mundo o vínculo inquebrável entre um ser humano e um cachorro.

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ESTRESSE

RESILIÊNCIA

BRECHAS LEGAIS

DENÚNCIA

ATROCIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>