SAUDADE

Homem em situação de rua internado em hospital reencontra cachorro

Mariana Dandara | Redação ANDA

A solidão, o preconceito e os desafios impostos pela realidade vivenciada pelo Senhor Basílio e pelo cachorro Zé, que viviam nas ruas, fortaleceu a amizade entre os dois. Um se tornou o refúgio do outro


Escute
Basílio e Zé viveram um reencontro emocionante (Foto: Reprodução/Facebook/Jaqueline Tupinambá)

Internado há cerca de um mês na Santa Casa de Ubatuba, no litoral de São Paulo, o Senhor Basílio, um idoso em situação de rua, finalmente teve a oportunidade de reencontrar Zé, o cachorro que enfrentou tantas dificuldades ao seu lado. A saudade, no entanto, não era restrita ao coração de Basílio, mas também do cão, que há dias perambulava pelos arredores do hospital à procura de seu fiel companheiro.

Na rua, Basílio não tem mais ninguém além do cachorro, que também só pode contar com seu tutor. A solidão, o preconceito e os desafios impostos pela realidade vivenciada pela dupla fortaleceu a amizade entre os dois. Um se tornou o refúgio do outro.

Mas foram essas mesmas dificuldades que separaram o idoso e o cachorro. Em fevereiro, o estado de saúde de Basílio se deteriorou. Febril, ele estava dormindo em uma calçada gelada usando roupas molhadas. Resistente, só aceitou atendimento médico acompanhado de uma grande amiga, a advogada e ativista Jaqueline Tupinambá, um dos principais nomes do ativismo pela defesa dos direitos animais e do meio ambiente de Ubatuba.

Diagnosticado com diabetes, infecções e dor crônica em um dos pés, Basílio foi internado no hospital para receber tratamento médico. Mas a distância deixou Zé desolado. Em entrevista à ANDA, Jaqueline contou que o cachorro não estava se alimentando direito e andava entre o coreto da Igreja Matriz, onde dormia com Basílio, e a porta do hospital, completamente desorientado.

Assustado, o cachorro fugia quando a advogada e o Frei Wilmar Villalba, da Igreja São Francisco, tentavam resgatá-lo. A dupla, no entanto, não estava disposta a desistir e, após algumas horas tentando capturá-lo na última quinta-feira (1º), o resgate foi realizado, o cachorro foi vacinado e levado para um lar temporário.

Foto tirada após o reencontro entre Basílio e o cão (Foto: Reprodução/Facebook/Jaqueline Tupinambá)

O maior desejo de Jaqueline, depois de resgatar Zé, era levá-lo até o hospital para que ele pudesse rever seu tutor. No sábado (3), a advogada contou, através das redes sociais, que conseguiu promover esse encontro e divulgou imagens (confira o vídeo ao final da reportagem) emocionantes que não deixam dúvidas sobre o amor incondicional que o cachorro e o idoso nutrem um pelo outro.

Na publicação, Jaqueline agradeceu a equipe de enfermagem da Santa Casa de Ubatuba, que foi essencial para que o reencontro entre tutor e animal acontecesse. Segundo ela, as enfermeiras são “amorosas e humanas” e, por isso, “permitiram o encontro do Sr. Basílio com o seu melhor e mais fiel amigo”.

“Agora o cãozinho Zé não precisa mais perambular dia e noite pelas ruas achando que se perdeu do Sr. Basílio ou que foi abandonado por ele. Um encontro envolvendo muito amor, matando saudades e tranquilizando o coração de dois grandes parceiros de vida. Fique bom logo, Basílio. Todos estamos torcendo por você”, escreveu. “Enquanto isso, Zé permanecerá sob os cuidados e proteção do meu querido amigo Frei Wilmar Villalba, na Igreja São Francisco”, concluiu.

Confira abaixo o emocionante reencontro de Basílio e Zé:


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

EXEMPLO

CICLOVIA RIO PINHEIROS

ESTRESSE

RESILIÊNCIA

BRECHAS LEGAIS

DENÚNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>