VEGANISMO

Estudante da Universidade de Oxford cria couro vegano a partir de planta suculenta

Henrique Delgado do Amaral e Silva | Redação ANDA

Gabriel Moreno criou o material vegano sustentável da planta de "fique" como alternativa aos plásticos e couro sintético prejudiciais ao meio ambiente


Escute
Imagem de suculenta da família do fique
Pixabay
O pós-graduado da Universidade de Oxford, Gabriel Moreno, recentemente criou um couro vegano feito da planta de fique colombiano e látex de borracha natural. O material é parte da empresa têxtil ecologicamente correta Fiquetex, fundada por Moreno e seu pai, Alex. A Fiquetex cria produtos de tecido e couro 100% sustentáveis, biodegradáveis e renováveis a partir da planta colombiana.
A equipe, composta por pai e filho, passou cinco anos pesquisando e projetando seus tecidos de fique na tentativa de criar uma alternativa a materiais nocivos ao meio ambiente como plástico e couro sintético. Seus tecidos de fique usam apenas 10% da energia necessária para produzir a mesma quantidade de náilon. O processo único de economia circular também significa que o material se biodegradará em apenas 100 dias após ser enterrado quando sua vida útil chegar ao fim. Durante o desenvolvimento e patenteamento da Fiquetex, Moreno também trabalhou com a Academia Real de Engenharia em Londres no aperfeiçoamento de seu processo inovador.

Start-up vegana premiada

Moreno, que está atualmente estudando economia latino-americana na Oxford, recentemente recebeu um prêmio de empreendedorismo na competição “All-Innovate” da universidade, o que fortaleceu sua confiança em sua start-up. “Sempre me dediquei a descobrir como podemos viver de forma mais sustentável para garantir um futuro mais saudável e verde para o planeta”, diz Moreno. “Empresas como a H&M e o clube de futebol Forest Green Rovers buscam novas alternativas sustentáveis. Países como a China e o Canadá estão proibindo plásticos de uso único e nós temos a solução ecologicamente correta e econômica que o mundo precisa”, completa.
Moreno pretende lançar o Tecido de Fique e o Couro Vegano de Fique em julho para uso industrial em todo o mundo.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RIO DE JANEIRO

ALTERNATIVA VEGANA

GENEROSIDADE

REABILITAÇÃO

EMPATIA

RECEPÇÃO

FINAL FELIZ

SEM FERIMENTOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>