EXEMPLO

Garota de 10 anos consegue uma grande vitória na guerra contra o lixo plástico

Gabriela Alves | Redação ANDA

A campanha de Skye Neville contra brinquedos descartáveis coloca Waitrose em ação


Escute
Imagem de Skye Neville
Reprodução/Guardian/Hannah Neville

Algumas campanhas levam anos, até décadas para alcançar mudanças. Não para Skye Neville, uma menina de 10 anos de uma cidade litorânea galesa que, em novembro, ficou indignada com os brinquedos de plástico baratos que vinham junto com suas revistas favoritas.

Durante os quatro meses desde então, sua campanha contra os brinquedos descartáveis ganhou aplausos de políticos, ativistas ambientais e campeões infantis – e agora incitou ação da Waitrose (rede de supermercados britânica), que prometeu parar de vender revistas contendo brinquedos “descartáveis”, dando crédito à Skye pela inspiração.

Falando de sua casa em Fairbourne, Skye contou ao The Guardian que ela estava “muito satisfeita” com as ações da Waitrose. “Mas eu acho que é uma vergonha que os editores tenham que ser informados de que o que eles estão fazendo é errado. Seria bom se eles levassem isso à sério sem precisarem ser informados por uma criança de 10 anos como eu”.

A Skye assina algumas revistas como a The Week Junior e a Eco Kids Planet. Ela também gosta da revista Horrible Histories – mas não dos brinquedos de plástico que vêm com elas.

“O brinquedo mais irritante que eu já tive foi uma língua de borracha. Qual é o objetivo disso?” ela disse. “Eu tive várias coisas moles e uma caneta de esqueleto que não dava nem para você escrever. É muito lixo plástico”.

Ela escreveu aos editores da revista, Kennedy Publishing, expressando a sua preocupação. A empresa respondeu a ela alegando que estava trabalhando duro para fazer suas revistas mais amigáveis ao meio-ambiente e argumentou que os brinquedos podiam ser usados mais de uma vez.

Skye, uma admiradora de Greta Thunberg, estava insatisfeita com a resposta, então ela lançou uma petição, explicando: “Eu estou muito preocupada com a quantidade de plástico que ainda está sendo produzido, jogado fora e que está poluindo os oceanos e o meio-ambiente. E é por isso que eu quero que os editores de revistas e histórias em quadrinhos realmente se importem com o meio-ambiente e PAREM de dar brinquedos plásticos com as suas publicações. Eu realmente gosto de ler revistas, eu gosto da ‘Horrible Histories’ em particular, mas eu só quero a revista, eu não quero nem preciso dos brinquedos baratos de plástico que ou são usados por alguns minutos ou quebram no primeiro uso e então são jogados fora. Quaisquer ‘presentes’ que as revistas oferecem deveriam ser sustentáveis e éticos para que nós possamos proteger nosso planeta para nós e para as futuras gerações”.

Milhares de pessoas assinaram e a campanha da Skye atraiu a atenção de sua parlamentar local, a líder do Plaid Cymru em Westminster, Liz Saville Roberts, que apresentou uma moção inicial no Commons convocando o governo do Reino Unido para encorajar os editores a tornar suas revistas mais ecologicamente corretas.

O governo galês e a Surfers Against Sewage a elogiaram, e uma comissária das gerações futuras do País de Gales, Sophie Howe, se comprometeu a ajudar a campanha. Skye agora está se preparando para escrever para todas as escolas no País de Gales para enfatizar o problema.

A Waitrose disse que removeria as revistas infantis contendo brinquedos descartáveis de suas prateleiras ao longo das próximas 8 semanas. “Muitas revistas infantis agora contêm brinquedos de plástico gratuitos que têm uma vida útil muito curta e não podem ser facilmente reciclados. Isso não incluirá itens de artesanato educacionais ou reutilizáveis como lápis e canetas para colorir ou modelos colecionáveis que devem ser usados várias vezes”, disse.

A campanha de Skye é especialmente comovente, já que sua comunidade costeira está ameaçada pela mudança climática. As defesas marítimas em Fairbourne deixarão de ser mantidas em 2050 e o conselho de Gwynedd pode começar a remover os moradores antes disso.

O pai de Skye, Dave, que é carteiro, disse que estava orgulhoso de quão duro sua filha tinha trabalhado. “Ela espalhou a notícia por aí e atingiu o nível em que a Waitrose percebeu. É incrível o que ela conquistou. Ela demonstrou poder e tenacidade. Ela não cedeu. Espero que isso inspire outros jovens a perceberem que sua voz pode ser ouvida se eles forem apaixonados por um determinado assunto”.

Solicitada a comentar, a Kennedy Publishing enviou uma declaração da Professional Publishers Association, dizendo: “Os membros da PPA estão comprometidos em reduzir o excesso de plástico sempre que possível em todos os aspectos do ciclo de vida da revista e maximizar a circularidade dos materiais usados em seus produtos”.

“Os brindes de montar são um elemento integral da experiência da revista para muitas pessoas, com os brindes complementando o conteúdo e dando estímulo à brincadeira, criatividade e aprendizado. Todos os brinquedos e presentes de montar da capa atendem aos padrões de segurança do Reino Unido e nossa pesquisa mostra que cerca de metade desses presentes ainda estão presentes nas casas 12 meses após a compra”.

Saville Roberts disse: “A Skye chamou atenção ao impacto que o plástico está tendo no planeta em todo o mundo e as consequências devastadoras do plástico descartado nos nossos oceanos e ambiente natural. É espantoso perceber o quanto o plástico que polui nosso mundo é apenas uma bagunça descartável. Devemos despertar para o quanto estamos desperdiçando recursos naturais insubstituíveis em tática de marketing”.

“Seu lobby apaixonado e bem sucedido reflete o apoio generalizado que a sua campanha recebeu, apresentando a ambos, políticos e players chave no setor, algumas verdades duras sobre a poluição por plástico”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÓRFÃO

ARTIGO

DESACATO

GENTILEZA

DOR E SOFRIMENTO

EDUCAÇÃO

BENEFÍCIOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>