COVARDIA

Mulher é indiciada por maus-tratos após deixar cão passar fome até morrer

Mariana Dandara | Redação ANDA

A mulher alegou que não cuidava dos cachorros por falta de recursos financeiros e por eles serem tutelados por seu ex-marido


Escute
Foto: Batalhão Ambiental/Divulgação

Uma mulher de 26 anos foi indiciada pelo crime de maus-tratos a animais nesta quarta-feira (31) após deixar um cachorro passar fome até morrer. Outro cão que também foi maltratado pela jovem sobreviveu, mas foi resgatado em condição de debilidade. O caso foi registrado no município de Santana, no Amapá.

A Polícia Civil informou que os crimes ocorreram em uma área de invasão conhecida como Piscina do Izaías. A tutora irá responder judicialmente por seus atos e poderá ser punida com prisão de até cinco anos.

Levada à 1ª Delegacia de Polícia (1ª DP) de Santana, a mulher prestou depoimento e alegou que não cuidava dos cachorros por falta de recursos financeiros e por eles serem tutelados por seu ex-marido, que havia mudado de endereço e deixado os cães no local.

Diante da afirmação da mulher, os policiais iniciaram buscas pelo homem que supostamente seria o tutor dos cachorros, mas não o localizou. Diante dos fatos, a polícia concluiu que a mulher agiu de maneira criminosa ao privar os animais de água e comida.

“Podemos observar que a indiciada tentou se eximir da responsabilidade quanto aos cuidados com alimentação dos cães, alegando para tanto dificuldade financeira, além de dizer que pertenciam ao seu ex-marido. Os animais não tinham nem mesmo água para beber, o que demonstra total indiferença da indiciada em relação aos cães. Caso não tivesse como manter os cachorros, a indiciada poderia ter doado os animais. Mas, ela os manteve amarrados, o que impossibilitou que os cães buscassem meios de sobrevivência”, declarou ao G1 o delegado Vitor Crispim, da 1ª DP de Santana.

Após o indiciamento, o inquérito policial foi levado ao Ministério Público. Caso o MP conclua que houve crime, os promotores poderão oferecer denúncia à Justiça.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ABERRAÇÃO LEGISLATIVA

EXEMPLO

CICLOVIA RIO PINHEIROS

ESTRESSE

RESILIÊNCIA

BRECHAS LEGAIS

DENÚNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>