MAUS-TRATOS

Cão é espancado e queimado pelo próprio tutor em Porto Alegre (RS)

Bruna Araújo


Escute
Divulgação

Mara Santos é uma protetora de animais e pede ajuda para cuidar de um cãozinho que passou por horrores em Porto Alegre (RS). O antigo tutor do cão o espancava e até queimava o animal com frequência e hoje está preso por outros crimes. Mara resgatou o cão e o abrigou em uma casa de passagem paga, cobrindo também há meses os custos de vários tratamentos para ele, uma vez que ele sofre com sequelas graves, imunidade baixa e doenças bacterianas na pele.

Além disso, o cãozinho sofre de terríveis sequelas psicológicas devido às torturas que sofreu. Ele é extremamente estressado e agressivo, chora e uiva muito, não aceita outros animais e até mesmo se automutila. Mara sofre muito ao ver a situação do animal, mas não tem mais dinheiro. Ela precisa atualmente arcar com a castração dele e a construção de um canil melhor e mais seguro. Dessa forma, quem puder ajudar esse cãozinho em extrema necessidade pode entrar em contato com Mara através do e-mail marasantos1973@hotmail.com ou no WhatsApp (51) 99470-4870.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SUSTENTABILIDADE

NEGLIGÊNCIA

SOFRIMENTO

PORTO ALEGRE (RS)

INSENSIBILIDADE

GOIÂNIA (GO)

MÉXICO

ACIDENTE

AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>