TRISTEZA E SOLIDÃO

Cachorro vaga pelas ruas há mais de dois anos após morte de tutores

Maria Mariana | Redação ANDA


Escute
Foto: Reprodução | La Voix du Nord

Um cachorrinho boxer de 12 anos de idade, chamado Guizmo, tem sido alvo de muita comoção nas redes sociais e preocupado sua vizinhança na cidade de Wasquehal, no norte da França. O motivo, infelizmente, é bem triste. Há alguns anos, os tutores de Gizmo faleceram, o que resultou na partida dos filhos do casal para irem morar com os parentes em outra cidade.

No entanto, o destino do cachorro não foi o mesmo, desde então ele tem sido visto vagando as ruas francesas há dois anos. O estado físico de Guizmo chegou a ser tão preocupante, que os vizinhos o apelidaram de  “esqueleto com patas”. “Cada vez que vejo, tenho lágrimas nos olhos, dói ver Guizmo assim. Ele é só pele e ossos, é um esqueleto surdo e logo cego”, lamenta um vizinho.

cachorro desnutrido
Foto: Reprodução | La Voix du Nord
Quando os vizinhos entraram em contato com o primo da família que ficou responsável pela guarda das crianças, ele não chegou a revelar o motivo de não ter mandado Guizmo para um abrigo. Porém,  garantiu que todas as manhãs vai até o bairro, alimenta e cuida do cachorro. Também afirmou que, tentou levar Guizmo para viver em sua casa, mas o animal sempre fugia e acaba voltando para a casa dos seus falecidos tutores.

O primo da família, ainda completou, dizendo que achava que Guizmo, está muito mais feliz vivendo nas ruas do que em um abrigo, onde ele seria preso em uma gaiola, sem a sua liberdade. Além disso, disse que as crianças visitam o cachorro sempre que podem.

No entanto, os vizinhos discordaram da versão do parente, e afirmaram que ele não estava falando a verdade. Preocupados com a situação, pediram a intervenção da polícia e contataram um veterinário local para atender o cachorro. Os moradores revezam turnos para alimentar e cuidar de Guizmo, porém afirmam que a tristeza pelo abandono é visível no comportamento do cão.

“Ele nem tem força para latir mais … Mesmo que estivesse em uma gaiola, haveria uma presença humana, ele se beneficiaria com caminhadas várias vezes ao dia e também teria abraços”, disse um vizinho, defendendo a ideia de que  cachorro, estaria bem melhor em um abrigo municipal.

O caso de Guizmo se tornou viral nas redes sociais, e muitos usuários se mostraram indignados com a história do cãozinho que se encontra abandonado há mais de dois anos.

Agora os vizinhos esperam que a organização de resgate de animais LPA de Roubaix, que assumiu o caso, cuide da situação de Guizmo, que ainda se encontra em estado vulnerável. É importantíssimo lembrar que o abandono de animais é crime. Votado em 1999, a punição francesa pelo abandono de animais , atualmente são de dois anos de prisão e 30.000 euros de multa.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

PROTEÇÃO ANIMAL

INESPERADO

ASCENSÃO

GRATIDÃO

INDEFESAS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>