COMOVENTE

Cão doente entra em clínica e recebe cuidados após pedir ajuda mostrando pata ferida

Mariana Dandara | Redação ANDA

Diagnosticado com câncer, o cão precisará ficar internado por cerca de 30 dias, período durante o qual será submetido a sessões de quimioterapia


Escute
Foto: Reprodução

Um cachorro em situação de rua que estava ferido entrou em uma clínica veterinária para pedir ajuda. O caso aconteceu na região central do município de Juazeiro do Norte, no Ceará, e comoveu os funcionários do estabelecimento.

No último sábado (6), ao ver a situação do cachorro, a médica veterinária Deyse Silva decidiu atendê-lo para por fim ao seu sofrimento. Após ser examinado, ele foi diagnosticado com um tumor, além do ferimento na pata.

Uma câmera de segurança do local registrou o momento em que o cão entrou no estabelecimento. Depois de passar pela porta, o cachorro fez movimentos com a pata, mostrando que estava ferido e precisando de auxílio.

A veterinária está acostumada a ver cachorros em situação de rua passando em frente à clínica, mas ficou surpresa ao ver que o animal entrou no estabelecimento. Ela acredita que a ação dele pode ter sido motivada pelo cheiro dos outros cães que estavam no local, o que pode ter o atraído.

“Ele vive em situação de rua, não tem tutor, veio sozinho para cá. Olhei nas imagens da câmera que fica do lado de fora e vi ele deitado embaixo de uma árvore momentos antes de vir e entrar na loja”, contou ao G1.

“Ele chegou quietinho, mostrou a patinha e eu fui lá ver o que estava acontecendo e de pronto percebi que ele tinha um sangramento na região peniana, mas existia um problema bem maior que só diagnosticamos depois. Ele tem um tumor venéreo transmissível, comum em animais em situação de rua. Ele também tinha um ferimento causado por uma unha que estava encravada”, completou.

Por conta do câncer diagnosticado no cachorro, ele precisará ficar internado por cerca de 30 dias, período durante o qual será submetido a sessões de quimioterapia. Após se recuperar, ele será disponibilizado para adoção.

Para Deyse, ajudar o cachorro é motivo de felicidade. Membro de uma ONG que resgata animais abandonados, ela disponibiliza água e ração para os animais em situação de rua. Os potes são colocados em frente a sua clínica.

“Fico muito feliz em poder ajudar. É uma prática comum na minha clínica, se Deus permitir, ele vai encontrar um lar muito bom para ele”, concluiu.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RÚSSIA

FINAL FELIZ

CRUELDADE

CRISE ECONÔMICA

SINERGIA

MAUS-TRATOS

MAUS-TRATOS

PROTEÇÃO ANIMAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>