CRIME AMBIENTAL

Onça ameaçada de extinção é salva após polícia interceptar homem que a capturou

Mariana Dandara | Redação ANDA

O filhote estava sendo transportado em um carro por um homem de 36 anos que também havia capturado um caititu, conhecido como porco-do-mato


Escute
Foto: PM Ambiental/Divulgação

O Batalhão de Polícia Militar Rodoviário e Divisas (BPMRED) resgatou um filhote de onça-preta, espécie ameaçada de extinção, durante uma ação de fiscalização na TO-080, em Caseara, na região oeste do estado do Tocantins.

O filhote estava sendo transportado em um carro por um homem de 36 anos que também havia capturado um caititu, conhecido como porco-do-mato.

O automóvel foi interceptado pelos policiais na noite da última terça-feira (2) durante a operação Hórus, realizada na divisa entre os estados do Tocantins e do Pará.

Após os agentes do BPMRED flagrarem o crime ambiental, o batalhão da Polícia Militar de Meio Ambiente foi acionado e enviou uma equipe que, ao chegar no local, confirmou o crime e aplicou uma multa de R$ 5,5 mil ao homem, que foi detido e levado para uma delegacia de Polícia Civil na cidade de Paraíso do Tocantins.

Foto: Divulgação/BPMRED

O porco-do-mato e a onça-preta foram resgatados pelos policiais e encaminhados para o município de Palmas, onde seguiram para o Centro de Fauna (CEFAU). No local, eles receberão os cuidados necessários. Não foram repassadas informações sobre a posterior soltura dos animais na natureza.

Também não foi informado se foi possível descobrir de imediato a intenção do homem ao capturar os animais. No entanto, por estarem ainda vivos dentro do veículo, a suspeita que se levanta é de que os a onça e o porco-do-mato podem ter sido retirados do seu habitat para serem vítimas do tráfico, especialmente no caso do filhote.

Há a possibilidade, porém, dos animais terem sido capturados para serem mortos para consumo, hipótese que tem mais força em relação ao porco-do-mato, mas que também pode ser relacionada à onça, já que não é incomum que caçadores matem onças, seja para consumo ou não.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PRESERVAÇÃO

DESESPERO

CONSOLO

CALIFÓRNIA

ANGÚSTIA

COMPANHIA

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>