AMOR

Homem atravessa cidade carregando cadela nos braços para levá-la ao veterinário

Gabriela | Redação ANDA


Escute
Foto: Los Tiempos

O vínculo de amor entre os seres humanos e seus animais é alvo de inúmeras pesquisas e estudos espalhados pelo mundo.

Quando os animais adoecem, os tutores ficam arrasados e buscam alternativas para salvá-los. É o que vem acontecendo com Leonardo Leygüa, que contou a história de sua cachorrinha em um post no Facebook.

Chika é uma cadela sem raça definida de quatro anos que parou de andar repentinamente.

“De um dia para o outro ela não andava mais”, explica ele.

Depois de visitar alguns veterinários, Leonardo descobriu que o tratamento que a cachorrinha precisava era muito caro.

O homem, que mora em Cochabamba, na Bolívia, decidiu vender álcool em gel para gerar uma fonte de renda, no entanto, não era suficiente, porque ele também tinha que arcar com as outras despesas da casa: alimentação, higiene e contas.

Sem muitas alternativas, o tutor de “Chika” decidiu recorrer às redes sociais para conseguir ajuda de algumas ONGs.

A ONG Patitas Descalzas se encarregou de atender a chamada de emergência de Leonardo, que teve que viajar da Zona Sul para a Zona Norte, onde fica a clínica veterinária.

Apesar da distância, o tutor diz que “seu único objetivo é que ela se recupere rápido para que ambos possam sair para curtir a vida.”

 

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ESTRESSE

RESILIÊNCIA

BRECHAS LEGAIS

DENÚNCIA

ATROCIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>