FINAL FELIZ

Whindersson Nunes adota cachorro que teve 40% do corpo queimado

Mariana Dandara | Redação ANDA

Guerreiro, o cão sobreviveu apesar dos maus-tratos que sofreu e agora pôde, enfim, deixar o sofrimento no passado


Escute
Foto: Reprodução

O comediante Whindersson Nunes adotou um cachorro que foi resgatado pelo Projeto Amigos do Cão Carente após ter 40% do corpo queimado. Guerreiro, o cão sobreviveu apesar dos maus-tratos que sofreu e agora pôde, enfim, deixar o sofrimento no passado para viver uma vida feliz ao lado do humorista e de sua namorada, Maria Lina.

Através das redes sociais, o grupo de proteção animal que resgatou Baito – que agora, após a adoção, teve seu nome mudado para David – relatou a história triste do cachorro que, após tanta crueldade, ganhou seu final feliz.

“Baito tem sido nossa vitória diária. Ele está lutando como um forte guerreiro. Foi brutalmente queimado com produto químico entre o dia 10 e 11 de janeiro e chegou em nós através das mãos de Deus no domingo (17/01) por volta das 22 horas. Esse guerreiro deu entrada na clínica em estado de choque e já não tinha mais reação, estava extremamente machucado com 40% do seu corpinho queimado com lesões de 3º grau, intoxicado e com anemia severa”, escreveu o projeto.

Resgatado à beira da morte, Baito recebeu os cuidados necessários e se recuperou. “Todo milésimo de segundo era e é crucial para sua vida, mais uma noite sem atendimento veterinário ele iria a óbito. Então começamos pelo primordial, salvar a sua vida. Precisávamos realizar transfusão de sangue com a máxima urgência e lutamos bravamente até conseguir um doador com as características necessárias para o procedimento. Encaminhamos o Baito para o centro cirúrgico e imediatamente colocamos ele no oxigênio até encontrarmos o Astor para a realização da transfusão de sangue”, explicou.

Após receber a transfusão, Baito foi monitorado durante toda a madrugada. “Também foram realizados os curativos adequados para evitar a desidratação das camadas da pele as quais se desprenderam ocasionando infecção e podendo levar a óbito”, relembrou o grupo.

A história comovente chegou ao casal, que decidiu mudar o destino de Baito, inclusive dando a ele um novo nome. Cercado de amor e cuidados, agora David mora  na casa do humorista. Logo após a adoção, Maria Lina postou uma foto do cão deitado em sua caminha, abraçado a um macaco de pelúcia, desfrutando da vida que sempre mereceu viver.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

COMOVENTE

ACIDENTE

Acolhimento

CRUELDADE

FINAL FELIZ

ACIDENTE

DESAPARECIMENTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>