INVERNO RIGOROSO

Voluntários salvam a vida de milhares de tartarugas prestes a morrer de frio

Mariana Dandara | Redação ANDA

As tartarugas foram colocadas em banheiras dentro de ambientes fechados, onde permanecerão até que a temperatura do mar esteja adequada para a soltura


Escute
Foto: Ed Caum/Divulgação/Via Reuters

Cerca de 4,7 mil tartarugas foram resgatadas em meio a uma onda de frio extremo que atingiu o sul do Texas, nos Estados Unidos. Prestes a morrer congeladas, as tartarugas foram salvas por voluntários que se comoveram com a situação e as levaram para um centro de convenções.

Após o resgate, os animais foram colocados em banheiras dentro de ambientes fechados, onde permanecerão até que a temperatura do mar esteja adequada para a soltura.

De acordo com o diretor-executivo do centro de pesquisas Sea Turtle Inc, Wendy Knight, este “é um acontecimento sem precedente”. Em invernos comuns, apenas cerca de 100 a 500 tartarugas aparecem nas praias.

Os animais foram encontrados paralisados em praias do estado. Por terem sangue frio, as tartarugas não conseguem se movimentar quando a temperatura cai bastante. Elas foram transportadas em carrinhos.

Por conta da interrupção no fornecimento, milhões de casas ficaram sem água e energia – e, consequentemente, sem aquecimento residencial – no Texas, o que condenou as famílias, incluindo os animais domésticos, a uma situação alarmante.

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>