ORIGEM VEGETAL

Bill Gates incentiva países ricos a produzirem carne em laboratório sem explorar bois

Mariana Dandara | Redação ANDA

Bill Gates reforçou que os benefícios em relação à sustentabilidade fazem valer a pena mudar o consumo da população


Escute
Foto: Bloomberg

O fundador da Microsoft, Bill Gates, incentivou os países ricos a produzirem carne em laboratório, sem explorar bois. Além de libertar os animais do sofrimento e da morte, essa alternativa é mais sustentável.

“Você pode se acostumar com a diferença de sabor, e a alegação é que eles vão tornar o sabor ainda melhor com o tempo”, disse ao MIT Technology Review.

Bill Gates reforçou que os benefícios em relação à sustentabilidade fazem valer a pena mudar o consumo da população, migrando para a comercialização de carne cultivada. Segundo ele, a regulação pode ser utilizada para alterar a demanda por esses produtos.

“Portanto, para os países de renda média e superior, acho que é possível”, reforçou. Ele lembrou ainda que a indústria da carne é contra o uso da denominação “carne bovina” nos rótulos de carnes cultivadas – o que mostra o temor dos pecuaristas frente a essa alternativa ética e sustentável.

Bill Gates considera que ainda não é possível saber se iniciativas que desenvolvem carne sustentáveis conseguirão vendê-las a preços competitivos em relação à carne advinda de animais mortos, mas acredita que já existe um roteiro de qualidade e uma forma de executá-lo elaborados por foodtechs de carnes vegetais.

“O que os torna totalmente competitivos”, avaliou. Segundo ele, embora esse mercado alternativo ainda não represente nem 1% da dimensão do convencional, “estão a caminho”. “E a Breakthrough Energy [iniciativa fundada por Bill Gates que tem investido na produção mais sustentável de alimentos] tem quatro investimentos diferentes voltados à produção de ingredientes com muito mais eficiência”, concluiu.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO

SOFRIMENTO EMOCIONAL

DOÇURA

AÇÃO HUMANA

JAPÃO

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO SONORA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>