PROTEÇÃO ANIMAL

Agentes de trânsito resgatam cachorro idoso em estrada em Araraquara (SP)

Redação ANDA

O cachorro estava debilitado e foi encaminhado para o Centro de Controle de Zoonoses


Escute
Foto: Divulgação

Agentes de trânsito da cidade de Araraquara, no interior de São Paulo, resgataram um cachorro idoso que vagava pela Estrada Vicinal Graciano R. Affonso. O resgate foi realizado na última sexta-feira (5).

Os guardas explicaram ao portal A Cidade ON que transitavam pela estrada quando se depararam com o cachorro. Comovidos com o sofrimento do animal, que já é idoso, eles decidiram estacionar o carro e efetuar o resgate.

Antes de retirarem o cão do local, os agentes forneceram água ao animal, que estava com sede após caminhar sob sol forte. Encaminhado ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) do Pinheirinho, o cão passou a receber os cuidados necessários.

De acordo com a equipe que atendeu o animal no CCZ, ele estava debilitado e demandava tratamento veterinário para que tivesse sua saúde restabelecida. No local, ele foi alimentado e iniciou tratamento.

Embora o cão possa ter sido abandonado na velhice, como acontece com milhares de animais pelo país, a coordenadora de Bem-Estar Animal da Prefeitura de Araraquara, Carolina de Mattos Galvão, suspeita que o cachorro tenha tutor, já que ele é idoso e um animal não sobreviveria na rua por tanto tempo.

“Ele foi recolhido de acordo com o protocolo, que prevê o recolhimento de animais debilitados graves, filhotes, atropelados, prenhes, no cio e idosos”, concluiu Carolina.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AVANÇO

COMPORTAMENTO

'SAVE RALPH'

ÍNDIA

REVOLTA

AÇÃO SOCIAL

MÉXICO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>