AMIZADE

Gatinhos recém-adotados conquistam todos em seu novo lar

Gabriela | Redação ANDA


Escute
Os gatos foram abandonados pela sua mãe sem algum motivo | Foto: Instagram/pawsofoz

Dois gatinhos abandonados por sua mãe foram encontrados embaixo de uma casa para morrer nos Estados Unidos, mas, felizmente, o proprietário do local os viu e contatou a equipe de resgate do Best Friends Animal Society.

A voluntária Holly Brookhouser, foi a responsável por levá-los até o abrigo.

“Eles precisavam de alimentação com leite materno, então eu os aceitei. Eu não poderia dizer não” contou Brookhouser ao portal americano Love Meow.

Os dois foram colocados juntos a uma gatinha, a qual os alimentava, e logo Holly percebeu rapidamente o vínculo especial que eles compartilhavam. Os gatinhos raramente se separavam e procuravam um ao outro se não estivessem à vista.

Foto: Instagram/pawsofoz

“O menor e mais escuro é um macho, e a maior e mais barulhenta é uma fêmea”, acrescentou Holly. “Seus nomes são Max e Ruby e vêm de um dos desenhos animados favoritos das minhas filhas, que é sobre uma coelhinha mais velha e seu irmãozinho.” completou.

Com o passar dos dias, os gatinhos começaram a engordar e ganhar força. Assim que suas perninhas ficaram fortes o suficiente, eles começaram a andar de um lado para o outro, explorando tudo o que estava em seu caminho. À medida que envelheciam, suas personalidades começaram a brilhar.

Foto: Instagram/pawsofoz

A curiosidade deles cresceu rapidamente quando eles começaram a sair com outros animais da casa. Jack, o cachorro mais velho, adorava seus pequenos amigos felinos e os deixava subir em cima dele.

“Eles foram os melhores e mais fáceis filhotes de cuidar de todos os tempos, rapidamente eles começaram a dormir em nossa cama. Eles eram muito unidos e ainda são”, disse a voluntária.

Eles corriam ao redor da sala, perseguindo um ao outro, lutando com sua energia desenfreada. Assim que terminassem de jogar, eles se aconchegariam um no outro e ronronariam até dormir.

Foto: Instagram/pawsofoz

O gato malhado que também vive na casa, Rigby, tem um fraco por gatinhos carentes. Ele se ofereceu para ser o pai substituto dos gatinhos e se colocou à disposição sempre que eles precisavam de um abraço.

Foto: Instagram/pawsofoz

A cachorra da casa, Mini, não gostava de receber lambidas dos amigos gatinhos.

“Max e Ruby devem ser os bebês mais mimados que já tive”, contou Holly. “Eles dormiam com a gente [todas as noites] e eu não conseguia suportar o quão fofo era vê-los abraçados pelo meu marido.”

Certo dia, uma família encontrou Max e Ruby na página do Facebook da Best Friends Animal Society e eles ficaram completamente apaixonados.

Foto: Instagram/pawsofoz

Quando os gatinhos estavam prontos para abrir suas asas e voar, eles foram adotados.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AVANÇO

COMPORTAMENTO

'SAVE RALPH'

ÍNDIA

REVOLTA

AÇÃO SOCIAL

MÉXICO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>