CRIME

Cão traumatizado é resgatado após agressões e casal é indiciado por maus-tratos

Redação ANDA

Embora tenha ficado bastante medroso por conta dos traumas que sofreu, o cachorro é dócil e agora procura um novo lar


Escute
Após agressões, o cão foi resgatado pela polícia (Foto: Reprodução/Instagram/Matheus Laiola)

Um cachorro foi resgatado pela polícia após ser agredido na rua por seus tutores em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, no Paraná. As agressões foram filmadas (confira o vídeo ao final da reportagem) e encaminhadas ao delegado Matheus Laiola, da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA).

Enquanto uma moradora registrava as agressões, a tutora do cachorro respondeu: “Pode gravar e denunciar. O cachorro é meu”. O caso gerou revolta nas redes sociais e levou ao indiciamento dos tutores do cão, que responderão pelo crime de maus-tratos.

Nas imagens, é possível ver um homem arrastando o cachorro, que está preso pelo pescoço a um cinto e não reage. Em seguida, o agressor espanca o animal com uma vara. A mulher, ao final do vídeo, aparece pegando o cão pelo pescoço.

Através das redes sociais, Laiola revelou que o cachorro está traumatizado. “Acabamos de salvá-los. Ele não pode ver um homem que já urina – morre de medo. Apreendemos a vara utilizada para espancá-lo, e o cinto utilizado para arrastá-lo”, escreveu o delegado, que informou ainda que o cachorro foi resgatado pela ONG SOS 4 Patas e será disponibilizado para adoção responsável.

“Já identificamos as duas pessoas que aparecem no vídeo e elas irão responder por maus-tratos, porém, como o fato criminoso foi no sábado (dia 23/01), a lei proíbe a prisão em flagrante. Mas na minha opinião o mais importante foi feito: resgatamos o cachorro”, completou.

Ao final da publicação, Laiola questionou: “com relação às duas pessoas que aparecem no vídeo, você acha que devem responder soltas ou presas?!”. As respostas vieram nos milhares de comentários feitos na publicação. “Preso! Tem vídeo comprovando atitude de maus-tratos”, escreveu uma internauta. “Dá para ver no rostinho dele o medo. Com certeza, o mais importante foi feito.. mas, cadeia sem dúvidas!!!”, disse outra.

Confira o vídeo da agressão (as imagens são fortes):


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SEGUNDA CHANCE

MAUS-TRATOS

CENSURA

DESPERTAR

PROTEÇÃO

HOLOCAUSTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>