CRIMES

Rio de Janeiro registra 232 casos de maus-tratos a animais em 2020

Redação ANDA

Do total, 47,4% dos crimes ocorreram no interior do estado, 28,4% na capital e 14,7% na Baixada Fluminense


Escute
Pixabay

O Instituto de Segurança Pública (ISP) informou que o estado do Rio de Janeiro registrou 232 casos de maus-tratos a animais domésticos e silvestres em 2020. O número é quase 10% menor do que o registrado em 2019 (257).

Do total, 47,4% dos crimes ocorreram no interior do estado, 28,4% na capital e 14,7% na Baixada Fluminense. A cidade que mais registrou casos foi o Rio de Janeiro. Quase 45% dos crimes ocorreram dentro de residências e 22,4% na via pública.

Para a diretora-presidente do ISP, Marcela Ortiz, a queda no número de crimes pode ter relação com a conscientização da população e com a fiscalização.

“Assim como muitos crimes que acontecem no interior de uma residência, é muito importante que vizinhos, parentes e pessoas próximas não se omitam e denunciem caso percebam que há sofrimento do animal doméstico. O mesmo vale para os animais silvestres, que não podem ser criados em casa”, afirmou ao jornal O Dia.

Ações de combate ao tráfico de animais silvestres têm sido realizadas em feiras urbanas pelo Comando de Polícia Ambiental (CPAm) da Secretaria de Polícia Militar, que também impede a manutenção desses animais em cativeiro.

Denúncias de maus-tratos devem ser feitas através do 190. O CPAM também recebe ocorrências, através do telefone 21 2334-7634. As testemunhas também pode denunciar os crimes pela Linha Verde do Disque Denúncia (0300 253 1177). O sigilo é garantido.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

COMOVENTE

ACIDENTE

Acolhimento

CRUELDADE

FINAL FELIZ

ACIDENTE

DESAPARECIMENTO

RECONHECIMENTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>