ASCENSÃO

Mercado de leites vegetais deve superar R$ 229 bilhões em 2027

Redação

O estudo mostrou ainda que a América Latina tem um futuro promissor no ramo e que pequenas empresas têm investido em alternativas aos laticínios


Escute
FOTO: GETTY IMAGES

O mercado de alternativas ao leite de de origem animal deve ultrapassar R$ 229 bilhões em 2027, segundo pesquisa realizada pela Meticulous Research. O segmento inclui ainda queijos, iogurtes, sorvetes e manteigas vegetais e é um dos que mais crescem entre os produtos livres de sofrimento animal, com taxa de crescimento de 11,2% ao ano.

“O crescimento desse mercado é atribuído principalmente ao aumento da incidência de intolerância à proteína de origem animal, benefícios nutricionais oferecidos por alimentos à base de vegetais, aumento da população vegana e investimentos de risco”, informou a Meticulous Research.

E se em 2020 os leites vegetais foram o destaque entre os laticínios veganos, nos próximos anos os iogurtes irão se destacar. Na Europa, pesquisas apontaram que o público tem aceitado melhor esses produtos e também identificaram uma oferta mais diversificada.

“A posição de liderança da Europa é atribuída principalmente ao aumento da conscientização sobre uma dieta rica em proteínas de origem vegetal, saúde, maior crescimento da população vegana e vegetariana e maior adoção de avanços tecnológicos na indústria de alimentos e bebidas”, explicou a empresa.

O estudo mostrou ainda que a América Latina tem um futuro promissor no ramo e que pequenas empresas têm investido em alternativas aos laticínios.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

COMOVENTE

ACIDENTE

Acolhimento

CRUELDADE

FINAL FELIZ

ACIDENTE

DESAPARECIMENTO

RECONHECIMENTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>