SEGUNDA CHANCE

Organização dá nova vida a cães vítima de canis clandestinos

Redação


Escute

A National Mill Dog Rescue – NMDR  é uma organização sem fins lucrativos de Colorado Springs, Estados Unidos, fundada por Theresa Strader em 2007, com o objetivo de resgatar cães de canis clandestinos, onde as mães são forçadas a terem filhotes para posteriormente eles serem comercializados.

Divulgação

Mas a inspiração para criar o NMDR surgiu após Strader adotar Lily, um cachorro da raça galgo italiano que ficou com graves defeitos faciais e problemas de saúde depois de ser criado em um canil clandestino. Infelizmente, situações como essas são muito comuns em cães vivem nestes locais, pois a consanguinidade desenfreada, a falta de higiene e os cuidados de saúde abaixo do padrão estão quase sempre presentes.

Divulgação

Estes canis geralmente funcionam como criadouros comerciais em grande escala, semelhantes a um modelo de “fazenda industrial”. Muitos cães são mantidos em uma única gaiola e recebem apenas o mínimo de comida e cuidados médicos realizados com para mantê-los vivos. Nutrição inadequada, super criação forçada e falta de espaço são apenas algumas das condições que eles suportam, com muitos deles desenvolvendo problemas de saúde como: pelo severamente emaranhado; infecções de pele; problemas dentários e deformidades genéticas como resultado.

O NMDR juntamente com outros grupos dedicados ao resgate de filhotes de canis clandestinos conscientizam as pessoas sobre o aumento dessa situação e salientam a importância de ter um corpo de voluntários dedicados a causa: “Nossa equipe de preparação é composta por um grupo de voluntários incríveis e dedicados”, disse NMDR em entrevista ao site One Green Planet. “Eles trabalham duro para nossos [cães] recém-chegados. Eles deixam todo mundo bonito para ir a eventos e feiras de adoção. Amamos nossos voluntários! ”

Divulgação

Os maiores beneficiados por estes profissionais são os cães resgatados que ganham nova vida e uma oportunidade de terem um lar.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSERVAÇÃO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

MAUS-TRATOS

HABITATS DESTRUÍDOS

OMISSÃO

ECONOMIA CIRCULAR

DEDICAÇÃO

TECONOLOGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>