CRUELDADE

França determina extermínio de 6 mil patos após surto de gripe aviária

Redação

Quando diagnosticadas com a doença, as aves são mortas de imediato, sem que tenham qualquer chance de viver em paz, longe da exploração e do sofrimento


Escute
Pixabay

O governo francês matou 6 mil patos após um surto de gripe aviária na cidade de Bénesse-Maremne, no departamento de Landes, sudoeste da França.

A contaminação pelo vírus H5N8, causador da doença, é resultado da exploração animal. Trancafiadas em gaiolas ou galpões superlotados, as aves vivem em condições desumanas, suportando alto estresse. Por essa razão, esses ambientes são propícios para o surgimento de vírus.

Quando diagnosticadas com a doença, as aves são mortas de imediato, sem que tenham qualquer chance de viver em paz, longe da exploração e do sofrimento. Como o vírus é transmissível para humanos, a preocupação das autoridades é de apenas proteger as pessoas, ignorando a condição de ser senciente dos animais.

Na última terça-feira (08), o Ministério da Agricultura da França confirmou que os patos foram mortos no dia 06 de dezembro após uma grande mortalidade de animais ser registrada em uma fazenda um dia antes.

No dia 16 de novembro, o vírus foi detectado em uma loja de animais em Haute-Corse. Três dias depois, outra loja registrou a doença em Yvelines. Além disso, um ganso-craca em Loire-Atlantique e em três cisnes em Meurthe-et-Moselle, que viviam livres na natureza, também foram diagnosticados com a gripe aviária.

Ocorrências de H5N8 também foram registradas na Alemanha, Dinamarca, Holanda e Reino Unido. Por conta da doença, a vida das aves se tornou ainda pior, com o confinamento obrigatório em todos os locais onde são criadas.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DENÚNCIA

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

RETROCESSO

RESPONSABILIDADE

SOLIDARIEDADE

MISSÃO

ACADEMIA ESPECISTA

SADISMO

DE OLHO NO PLANETA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>