Lei

Hospitais passam a oferecer opções veganas em Nova York (EUA)

Redação

Além de beneficiar veganos que necessitarem de cuidados médicos, a lei também abre espaço para uma maior conscientização dos pacientes


Escute

Os hospitais do estado de Nova York, nos Estados Unidos, terão que oferecer opções veganas aos pacientes, conforme determinação prevista em uma lei proposta pelo democrata Brad Hoylman e aprovada pelos parlamentares em 2019.

A legislação obriga os hospitais a oferecerem ao menos uma opção vegana aos pacientes em cada refeição, sem custos extras.

Além de beneficiar veganos que necessitarem de cuidados médicos, a lei também abre espaço para uma maior conscientização, conforme avaliou a diretora de educação nutricional do Comitê Médico pela Medicina Responsável (PCRM em inglês), Susan Levin.

“Essa lei dá aos médicos uma oportunidade para discutir com os pacientes o poder de uma refeição à base de vegetais para ajudar a prevenir e reverter condições como doenças cardíacas, diabetes e obesidade”, disse Susan.

“Quase 1,7 milhão de nova-iorquinos têm diabetes e doenças cardíacas são responsáveis ​​por 40% de todas as mortes no estado de Nova York, de acordo com o Departamento de Saúde do estado. Pesquisas mostram que uma dieta rica em vegetais pode ajudar a combater doenças cardíacas, hipertensão, diabetes e câncer”, completou.

Recentemente, uma pesquisa feita pelo Comitê Médico pela Medicina Responsável em Washington mostrou que 83% dos pacientes concordam que os hospitais não deveriam oferecer carne processada às pessoas internadas.

Para o coordenador da pesquisa, o médico Neal Barnard, o resultado do levantamento prova que os pacientes estão mais conscientes sobre hábitos alimentares.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ACIDENTE

CRUELDADE

TECNOLOGIA

DESUMANIDADE

ACOLHIMENTO

EFICIÊNCIA

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>