Reencontro

Cadela volta para casa após ficar desaparecida durante três anos

Redação

O sumiço da cadela ocorreu em outubro de 2017 durante uma viagem da família


Escute

Lola, uma cadela da raça labrador, voltou para casa após ficar três anos desaparecida. Ter o animal de volta encheu o coração de sua tutora de alegria. Ela mal podia acreditar que Lola tinha aparecido após tanto tempo.

O sumiço da cadela ocorreu em outubro de 2017 durante uma viagem da família. Debra Mejeur e seu marido, os tutores de Lola, viajaram com ela para visitar um amigo e a cadela, que estava no quintal da casa, conseguiu escapar e desapareceu.

Por aproximadamente um mês, o casal fez buscas por Lola, mas sem sucesso. Diversas vezes, eles retornaram ao estado onde ela desapareceu para tentar encontrá-la, mas nunca tiveram bons resultados.

Recentemente, outra família encontrou a cadela em uma floresta da qual ela entrava e saía constantemente. Preocupados com o bem-estar do animal, decidiram levá-lo a um abrigo de animais, onde descobriu-se que Lola tinha um microchip de identificação.

Após fazer a leitura do microchip, um funcionário do abrigo localizou Debra e lhe enviou uma mensagem. Entusiasmada com a possibilidade de reencontrar sua amada cadela, a tutora imediatamente retornou o contato. As informações são do jornal Chicago Tribune.

“Eu telefonei e perguntei: por acaso, vocês estão com uma labradora preta chamada Lola? Responderam: você é Debra? Eu comecei a chorar, porque era a prova de que era ela”, contou.

O casal, então, foi buscar a cadela no abrigo. Inicialmente, ela ficou desconfiada ao vê-los, mas assim que Debra retirou sua máscara de proteção contra o coronavírus e entregou para a labrador o cobertor que ela usava antes de desaparecer, Lola abanou o rabo e pulou em seus braços.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DADOS ALARMANTES

ÓRFÃO

INVESTIGAÇÃO

ESTELIONATO

MORTE ACIDENTAL

ALARMANTE

NOVA CHANCE

DESUMANIDADE

SALVAMENTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>