Home Destaques Exausto, cão é arrastado por treinador e forçado a fazer acrobacias em circo

Exausto, cão é arrastado por treinador e forçado a fazer acrobacias em circo

0
Exausto, cão é arrastado por treinador e forçado a fazer acrobacias em circo
Reprodução
Reprodução

Imagens perturbadores registradas em um circo na China mostram um homem, identificado com treinador do local, arrastando um cachorrinho da raça poodle exausto e o obrigando a pular obstáculos para uma performance. O cãozinho é puxado pela coleira repetidas vezes e mal consegue ficar em pé. Em um dado momento, o cachorro desmaia de exaustão.

O circo não se mostrou surpreso com as denúncias e disse que esse foi só um dia normal de treinamento e que o poodle já está acostumado com a rotina intensa de treinos. Imagens foram divulgadas por um visitante, que questiona a performance. “Eu gostaria de saber qual é o significado educacional em fazer os cães pularem obstáculos? Como os pais podem explicar isso aos filhos?”, disse.

O vídeo viralizou rapidamente em diversas redes sociais chinesas. O circo se manifestou novamente e informou que após uma cuidadosa investigação não identificou maus-tratos ou abuso contra animais. O local disse ainda que convidou advogados e especialistas em comportamento animal para analisar as imagens, mas o veredito é que não houve crueldade ou treinamento impróprio.

O circo delineou ainda que pretende processor o autor das imagens por difamação. Nirali Shah, porta-voz da PETA, fez uma análise individual e afirma que “está claro que este cão desistiu completamente da vida” depois de assistir ao vídeo. “Isso é o que acontece quando os treinadores repetidamente batem nos animais para forçá-los a realizar truques estúpidos para uma risada barata, mesmo quando eles não conseguem se levantar de exaustão”, apontou a ativista.

Reprodução

A Humane Society International (HSI), outra organização dedicada à proteção animal, explicou que os cães geralmente exibem uma linguagem corporal particular, como lamber os lábios ou segurar o rabo firmemente entre as pernas, quando estão estressados ou desconfortáveis. “Em situações em que um cão espera evitar punição ou dano, ele pode frequentemente exibir um comportamento submisso, como pendurar a cabeça, ficar quieto ou exibir a barriga”, disse um porta-voz do HSI.

A filmagem mostra o poodle expondo sua barriga enquanto está deitado no chão. “A barriga de um cachorro é seu ponto mais vulnerável, então, quando está ansioso, é a maneira do cachorro mostrar deferência. Cães estressados também podem tentar recusar ou evitar o que está sendo pedido a eles, ou simplesmente não ser capazes de seguir as instruções devido aos seus níveis de estresse, enquanto ao mesmo tempo exibem essas posturas de desprezo e estressadas”, acrescentou o porta-voz.

“Em linguagem canina, isso significa ‘por favor, não fique com raiva, mas eu realmente não me sinto confortável agora’”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here