Queimaduras graves

Morre tamanduá-bandeira que teve patas queimadas em incêndio no Pantanal

Apesar dos cuidados que recebeu, o animal silvestre não resistiu aos ferimentos causados pelo fogo

CRAS
CRAS

O tamanduá-bandeira resgatado em Mato Grosso do Sul após ter as quatro patas queimadas pelo fogo que devasta o Pantanal morreu no último domingo (11).

Apesar dos cuidados que recebeu, o animal silvestre não resistiu aos ferimentos que, segundo os veterinários, eram graves.

Encontrado ferido na região do Passo do Lontra, o tamanduá estava sob a responsabilidade do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) de Campo Grande, que estava tratando os ferimentos do animal com o auxílio de uma empresa especializada.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

O tamanduá-bandeira chegou ao Cras no dia 9 de outubro e, após dois dias de tratamento, faleceu. As características da lesão de cada pata foram levadas em consideração para que o animal fosse tratado da melhor forma possível, conforme informou ao G1 a médica veterinária Ana Eliza Silveira.

Até o dia 3 de outubro, 2,1 milhões de hectares do Pantanal de Mato Grosso haviam sido destruídos pelas chamas. Em todo o bioma, incluindo o território pantaneiro que abrange o estado de Mato Grosso do Sul, 3,9 milhões de hectares já foram queimados.

O crime ambiental de proporções nunca vistas antes tem o envolvimento de fazendeiros que atearam fogo no bioma para transformar a vegetação em pasto para bois explorados para consumo, conforme provas obtidas pela Polícia Federal.

Além da morte de milhares de animais, o fogo também condena os sobreviventes a uma vida de dificuldades em meio ao habitat devastado. Sem água, comida e local adequado para abrigo e reprodução, as espécies padecem.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui