Atordoadas, maritacas buscam abrigo em prédios após derrubada de árvores

09/10/2020


Reprodução

Dezenas de maritacas ficaram sem lar após árvores nas quais elas viviam serem derrubadas em Ilhéus, na Bahia. Atordoadas, as aves buscaram refúgio nas sacadas de prédios.

Um vídeo mostra os pássaros na rede de proteção de uma sacada de um condomínio residencial na avenida Soares Lopes, onde as tradicionais amendoeiras, que eram a casa desses animais, foram derrubadas.

De acordo com o Blog do Gusmão, as árvores foram retiradas por servidores públicos da Prefeitura de Ilhéus. A administração municipal, ainda segundo o portal, alega ter licença ambiental para a ação.

Onde antes estavam as amendoeiras, serão plantadas palmeiras imperiais. Enquanto isso, as maritacas, que não foram levadas em consideração durante a ação de derrubada das árvores, permanecerão sem abrigo e sem conseguir entender a crueldade cometida contra elas.

A retirada das amendoeiras da avenida é mais uma das inúmeras ações humanas cometidas contra os animais silvestres. As maritacas, por exemplo, já eram forçadas a viver em um ambiente urbano por conta da expansão das cidades, que cada vez mais avançam sobre o habitat dos animais, destruindo-o e fragmentando-o. Agora, sem as árvores, que eram o único resquício de vida natural em meio aos prédios e casas, elas sofrem ainda mais.

Embora existam animais que sobrevivem e se adaptam às mudanças provocadas pelos humanos na natureza, muitos outros morrem sem abrigo e alimento ou até mesmo por atropelamento, enquanto migram em busca de um lugar para viver.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"62516":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"62516":{"val":"rgb(255, 255, 255)"}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
DOE AGORA

COMPARTILHE:

Você viu?


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"cf6ff":{"name":"Main Color","parent":-1},"73c8d":{"name":"Dark Accent","parent":"cf6ff"}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default","value":{"colors":{"cf6ff":{"val":"rgb(243, 243, 243)","hsl":{"h":0,"s":0.01,"l":0.95}},"73c8d":{"val":"rgb(217, 216, 216)","hsl_parent_dependency":{"h":1,"l":0.85,"s":-0.05}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
OK
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
>