Arara se recupera após receber implante de bico e deve retornar à natureza em breve

09/10/2020


Foto: Imasul/Divulgação

Uma arara-canindé que passou pelo procedimento inédito de implante de bico está se recuperando em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, e deve retornar à natureza em breve.

A ave foi resgatada pela Polícia Militar Ambiental com ferimentos graves que podem ter sido resultado de um atropelamento. Há seis meses, ela foi operada por veterinários do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS).

“Ela chegou com muito sangramento e desde a sua entrada no CRAS, até a cirurgia, o trabalho se concentrou em tirá-la da situação de risco. Realizamos todo um procedimento que nos permitiu um diagnóstico favorável à cirurgia”, contou o veterinário Lucas Cazati, em entrevista ao Instituto de Meio Ambiente do estado (Imasul).

No momento, a arara segue em tratamento para que possa se adaptar ao novo bico. Nesta fase, ela recebe alimentos mais macios, como o mamão. “É um período que exige cuidados, mas nosso prognóstico é de que em até 2 meses ela poderá ter condições de voltar à natureza”, concluiu o profissional.

Coordenador da equipe de profissionais que operou a arara, Cazati afirmou que pequenas cirurgias de reparo em casco de jabuti já haviam sido realizadas no local, mas que o caso da arara era de maior complexidade. A cirurgia durou 1h30 e envolveu veterinários, biólogos e um zootecnista.

Foto: Facebook/Reprodução

“Utilizamos um bico de animal já falecido, que foi recortado, ajustado com resina de dentista e fixado com parafusos ortopédicos, de forma que a arara fique bem e consiga se alimentar”, disse.

A cirurgia inédita inspirou a criação de uma espécie de “banco de bicos” que deve dar suporte a aves feridas. “Também vamos compartilhar essa experiência com a comunidade científica, por meio de um artigo científico”, contou o veterinário.

O procedimento é essencial porque a arara-canindé precisa do bico para se alimentar. Conhecida por ter um bico forte, a espécie o utiliza para ingerir pequenas pedras que auxiliam na trituração de sementes de palmeiras consumidas pelo animal.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"62516":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"62516":{"val":"rgb(255, 255, 255)"}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
DOE AGORA

COMPARTILHE:

Você viu?


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"cf6ff":{"name":"Main Color","parent":-1},"73c8d":{"name":"Dark Accent","parent":"cf6ff"}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default","value":{"colors":{"cf6ff":{"val":"rgb(243, 243, 243)","hsl":{"h":0,"s":0.01,"l":0.95}},"73c8d":{"val":"rgb(217, 216, 216)","hsl_parent_dependency":{"h":1,"l":0.85,"s":-0.05}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
OK
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
>