Projeto arrecada tampinhas plásticas para custear a castração de cães e gatos


Pixabay

O projeto “Tampatinhas” foi criado por voluntários que estão recolhendo há cerca de dois meses tampinhas plásticas para vender com o intuito de financiar castrações em animais em situação de rua, em sua maioria vítimas de maus-tratos.

A ação conta o auxílio de 50 unidades coletoras espalhadas por pontos em Cuiabá e Várzea Grande. Alguns desses locais são: Setasc; Sede do Detran; CETEPS; Shopping Pantanal; Shopping Estação; Papelaria Universitária; Café Havana; Pet Shop Mundo Animal; Pet shop Agropev Cuiabá e VG; Clínica Bellus; Hotel Novo Lar; Escola Estadual Pascoal Moreira Cabral (Jardim Imperial); Procuradoria-Geral do Estado (PGE); Os condomínios: Rio Manso, Rio Claro, Rio Cachoeirinha e Belvedere; dentre outros.

Podem ser doadas tanto tampinhas de garrafas pet quanto de produtos de limpeza. Tampas de xampu e condicionadores, creme dental e hidratantes, óleo de cozinha, requeijão, margarina, sucos, maionese, e molhos prontos, também são aceitos pela campanha.
Para o descarte nos pontos de coleta é importante que as tampinhas sejam higienizadas para evitar a proliferação de odores e bactérias.

Segundo a idealizadora do Projeto, Kelly Rondon, o “Tampatinhas” preocupa-se com a causa animal e ambiental. Ela afirmou que para castrar um gato são necessários 200 quilos de tampinhas, número que custeia o valor da castração. Já para um cachorro, a soma é de 400 quilos.

“O projeto visa também a retirada de quilos e mais quilos de materiais recicláveis do meio ambiente, que se acumulam com facilidade em leitos, margens de rios, córregos e nascentes, ajudando, ainda, na geração de renda”, explicou.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AVANÇO

COMPORTAMENTO

'SAVE RALPH'

ÍNDIA

REVOLTA

AÇÃO SOCIAL

MÉXICO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>