ONG resgata 40 cães explorados para a venda em canil clandestino no PR


Foto: ONG Salvando Vidas/Divulgação

Uma operação conjunta entre a Guarda Municipal, a Prefeitura de Sarandi, no Paraná, e a ONG Salvando Vidas promoveu o resgate de 40 cachorros de raça explorados para venda. Os animais foram encontrados na terça-feira (29) nos fundos de uma casa, em um canil clandestino.

A força-tarefa criada para o resgate dos cães levou mais de quatro horas para retirar todos os animais do local. Seis veículos foram usados no transporte dos cachorros.

Apesar de não terem sido constatados maus-tratos, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente informou ao G1 que o local não tinha alvará de funcionamento e, portanto, funcionava na clandestinidade.

Tratados como objetos lucrativos, as fêmeas eram exploradas para dar à luz filhotes objetificados e vistos como mercadorias. O canil clandestino, que funcionava em um imóvel no bairro Jardim Novo Panorama, foi descoberto após denúncias anônimas.

De acordo com a prefeitura, um casal e uma idosa de 82 anos moram na residência, onde também vivia um papagaio, aprisionado ilegalmente em cativeiro. A idosa era a responsável pelos cuidados dos animais na maior parte do tempo.

Resgatados, os cachorros foram levados para o abrigo da entidade de proteção animal, onde permanecerão até que a Justiça decida o destino deles. Enquanto a decisão judicial não for expedida, a ONG não poderá disponibilizar os cães para adoção. O destino do papagaio não foi informado.

Atualmente, a Salvando Vidas abriga 105 cachorros. Para mantê-los, a associação pede a colaboração da sociedade. Para doar ração, remédio, dinheiro ou outros itens necessários aos animais basta entrar em contato com os voluntários através do telefone (44) 99954- 6950 ou pelas redes sociais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>