Pit bull é morto a tijoladas após brigar com cachorro do vizinho em Assis (SP)


Thor foi morto a tijoladas em Assis (Foto: Arquivo pessoal)

Thor, um pit bull de um ano e quatro meses, foi morto a tijoladas após pular o muro e brigar com o cachorro do vizinho em Assis, no interior de São Paulo. O agressor do animal confessou o crime e disse que “extrapolou” por ter ficado com raiva.

Um boletim de ocorrência foi registrado na segunda-feira (28). No documento, o tutor do pit bull morto conta que o vizinho conseguiu separar os cachorros e agrediu Thor quando ele tentava voltar para casa.

A briga entre os cães e a agressão ao pit bull foram registradas por uma câmera de segurança. Nas imagens, Thor aparece entrando no canil do vizinho, que joga uma pedra no chão e atinge o cão. Momentos depois, o cachorro do vizinho é retirado do local.

Vizinho matou cachorro a tijoladas (Foto: Reprodução)

Tutor de Thor, Elisio Alves Neto soube que o cão havia sido morto na noite de domingo. “Quando cheguei para tratar os cachorros, dei falta do cachorro aqui dentro. Aí comecei a procurar, pensei que ele podia ter saído na hora de fechar o portão eletrônico, mas aí minha mulher foi perguntar para o guarda e ele disse: ‘senta que a notícia é ruim’”, disse ao G1.

Ao chegar no canil, o empresário encontrou o cão morto dentro da casinha. Ele foi enterrado por funcionários do vizinho. Na manhã seguinte, ao ter acesso as imagens da câmera de segurança, Neto decidiu denunciar o crime à polícia, que iniciou investigações.

Pit bull do vizinho ficou ferido após briga (Foto: Arquivo pessoal)

Sem se identificar, o dono da empresa na qual o pit bull entrou afirmou ao G1 que não é a primeira vez que Thor briga com seu cachorro, também da raça pit bull. “Eu vi ele quase matando meu cachorro e eu tive que separar. Eu joguei as pedras para separar, mas no momento da raiva, acabei extrapolando”, disse.

Segundo ele, seu cachorro ficou ferido e foi levado ao veterinário, onde permanece internado. Ele acusa o tutor de Thor de negligência por deixar o portão aberto.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>