Absorvente vegano leva empreendedoras brasileiras a competição mundial


Reprodução: Pixabay

Utilizar absorventes descartáveis durante o ciclo menstrual polui o meio ambiente, já que não é uma matéria prima fácil de reciclar. Pensando nisso, as fundadoras do EcoCiclo Hellen Nzinga, Patrícia Zanella, Karla Godoy e Adriele Menezes investiram em uma startup de absorventes veganos, biodegradáveis e hipoalergênicos que se decompõe em seis meses, diferente do tradicional demora até 500 anos para se decompor na natureza.

Com a EcoCiclo, as empreendedoras garantiram primeiro lugar na fase regional da competição global de negócios verdes Climate Launchpad, que busca soluções de problemas relacionados a mudanças climáticas.

Após vencerem a fase, Hellen, Patrícia, Karla e Adriele conseguiram garantir
uma vaga na etapa mundial da Climate Launchpad.

A final mundial terá início hoje (30). A EcoCiclo, que recebeu apoio e treinamento do Instituto Climate Ventures, enfrentará 68 adversários.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CHINA

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO

COMPAIXÃO

VIOLÊNCIA

PESQUISA

APELO

RECOMEÇO

BARBÁRIE

SEGUNDA CHANCE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>